TERRAMUNDI Viagens
+55 11 3060-5821

09
-dias-

- - - A PARTIR DE - - -

consultar

- - - PRINCIPAIS ATRAÇÕES: - - -

Respire arte, arquitetura e agito nas imponentes Auckland e Wellington, e se surpreenda entre paisagens rurais, vinícolas e natureza deslumbrante de outros cantos do país!

auckland-arquitetura

Nova Zelândia Cenas Urbanas

Urbanidade atraente e refúgios de paz

Interesses

  • ao-ar-livre Ao Ar Livre
  • imersao-cultural Imersão Cultural

Quando ir

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez
Quanto tempo ficar

9 dias



Vale a pena conhecer

Auckland, Waiheke Island, Wellington, Picton, Nelson



QUER UMA PROPOSTA SOB MEDIDA?
----------------- OU ------------------
Quer uma Proposta Sob Medida?

Solicite AquiSolicite Aqui

LigarLigar

É como em qualquer megalópole do mundo: em Auckland, pessoas aguardam para atravessar um cruzamento movimentado, só que, no encontro da Queen com a Victoria Street, há muito mais do que cidadãos comuns em um cenário urbano. Ali o centro comercial conecta-se à beira-mar e o caminho que leva à alta torre do skyline local é o mesmo que guia você ao verde do belo Albert Park. Na Nova Zelândia, a diversidade se funde - em um verdadeiro espetáculo contemporâneo! Bares, cafés e galerias de arte aguardam o olhar e as câmeras de cada viajante na também imensa Wellington, que guarda o acervo da fotógrafa Ans Westra, famosa por ensaios pioneiros com o povo maori, o primeiro a habitar o país. Waiheke e Nelson são outros encantadores destinos; um é uma ilha e o outro é a cidade mais ensolarada. Tudo isso em uma nação bonita por natureza e dona de um universo artístico que celebra o tradicional sem excluir o toque de um país moderno. 

MOTIVOS PARA VIAJAR – A cultura neozelandesa é uma mistura de etnias, costumes, rituais e povos, características que contribuíram para esse país da Oceania ter destaque internacional. Apesar de tanta história, é uma nação jovem, o que a torna ainda mais interessante: é um destino "de bem com a vida", que come e bebe muito bem, pratica esportes do "lado de fora" e cultua um estilo de vida exemplar. Suas cidades estão classificadas entre as melhores do mundo para se morar, com ótimo nível de desenvolvimento humano, educação pública e expectativa de vida. Não é tão populoso e proporciona tranquilidade, espaço e o máximo de recursos naturais, sempre respeitando a tradicional cultura maori e ao mesmo tempo olhando para o futuro. Em resumo: você vai conhecer uma verdadeira e moderna maneira de bem-viver! E, sim, é mais perto do que imaginamos: 13 horas em voo direto de Santiago.

 

PAISAGEM DA JANELA –  O horizonte de Waiheke e Nelson abriga fazendas, pomares, povoados e deliciosas vinícolas! Já o Ferry Interislander, cruzeiro que liga as ilhas do norte e do sul da Nova Zelândia, traz a certeza de uma viagem simplesmente divina, desnudando alguns dos cenários mais belos do país. Em Nelson, esmiúce a perspectiva e observe artesãos referências no trabalho que fazem. Em Wellington, o cume do Mount Victoria oferece nada menos que uma visão panorâmica dessa que é uma das maiores cidades e a capital da Nova Zelândia! E em Auckland, você verá uma orla belíssima, prédios históricos que preservam a herança dos colonizadores europeus, arquitetura maori e museus que evidenciam a saga desse povo - tudo junto e misturado em um evidente caldeirão cultural!

 

NÃO DÁ PRA PERDER – Waiheke, uma das melhores ilhas do globo, é daqueles lugares que tornam a viagem ainda mais transformadora. Passeios por ali são repletos de boas descobertas, desde processos de uma fábrica de azeite até a degustação de vinhos e outros produtos feitos pela comunidade local. De preferência, não perca o passeio pelo museu de esculturas, o Gibbs Farm, ao norte de Auckland. Ele recebe o público alguns dias do ano e vale a pena tentar acertar: são 28 obras permanentes expostas a céu aberto.

 

POR QUE IR AGORA – Uma nação considerada "nova" mas que já tem tanto a oferecer, muito mais do que muita senhorinha por aí! Então, sim, a hora é agora: "bora" contemplar o país que sustenta com zero amadorismo um modo de vida excepcional! Vale ressaltar que, além da natureza e da qualidade presente no dia a dia da nação, os neozelandeses são conhecidos por serem educados, receptivos e bem-humorados, características divinamente herdadas dos Maori. Ótimas notícias: o país é extremamente seguro e há várias maneiras de se locomover por lá, entre elas, carro (a melhor) e transporte público (como o trem TranzAlpine que percorre trechos surreais de lindos!).

 

EXPERIÊNCIAS ÚNICAS –  Mergulhar de cabeça no vasto universo das galerias de arte neozelandesas e se entregar ao pulsante subúrbio de Petone em Wellington. E já pensou em ir de hidroavião de Auckand para a ilha de Waiheke, aterrisando em pleno mar?

 

OLHAR TERRAMUNDI – Definitivamente, a Nova Zelândia é um ponto fora do mapa, ou melhor, da curva! É uma nação que permite ir além do convencional e lançar olhares esmiuçados para cada detalhe. Nossa dica é explorar o máximo que puder a pé, algo super fácil de fazer no centro da interessante Wellington, sob a luz do sol ou da lua! A bicicleta também é uma boa, especialmente entre os belos vinhedos neozelandeses e bairros revitalizados.
 

1° Dia - Chegada a Auckland

Pernoite: Auckland

Na chegada a Auckland, traslado para o hotel.
Restante do tempo livre para conhecer um pouco da maior cidade do país. Cosmopolita e fortemente influenciada pela cultura polinésia, a cidade esbanja um requinte simples.


2° Dia - Em Auckland: dia livre

Pernoite: Auckland

Na parte da manhã, caso esteja aberto, visita ao Gibbs Farm, um museu de esculturas monumentais a céu aberto. Localizado a cerca de 1 hora ao norte de Auckland, o espaço conta com 28 obras permanentes expostas em meio aos 4 km² da propriedade. A dica é levar um lanchinho e fazer um gostoso piquenique entre as instalações.

À tarde, sugerimos conhecer o Museu de Arte de Auckland – AKL Art Gallery e seguir para o centro, entre Wynyard Quarter, Viaduct Harbour e o recinto Britomart.

Nota: Gibbs Farm fica à disposição para o público apenas em alguns dias selecionados ao longo do ano. É necessário pré-agendar a vista.


3° Dia - Em Auckland: passeio pela Waiheke Island

Pernoite: Auckland

Saída por conta própria até o porto em Auckland para seguir um trajeto de aprox. 40 minutos em ferry até Waiheke Island, conhecida como a ilha das vinícolas. Oferece não apenas excelentes vinhos e ótimas experiências gastronômicas, mas também belíssimas praias.

Na chegada, encontro com o guia local para começar o passeio pela Ilha, incluindo visitas a uma fábrica de azeite, seguida de duas vinícolas, onde é possível (e recomendado) degustar os vinhos acompanhados de produtos locais como ostras frescas e o premiado azeite de Waiheke. Depois, é hora de saborear um delicioso almoço em um dos melhores restaurantes da ilha. Pela tarde, despedida do guia local no píer e embarque de volta para Auckland.


4° Dia - Ida de Auckland para Wellington (voo)

Pernoite: Wellington

Traslado ao aeroporto de Auckland e embarque com destino a Wellington, a capital do país – pequena e cheia de charme. Na chegada, traslado ao hotel.

Pela tarde, recomendamos visitar Te Papa Tongarewa, o museu interativo e inovador do país. A história, a arte e as pessoas da Nova Zelândia são apresentadas em divertidas exibições.

Nota: A entrada ao museu é gratuita. Para visita guiada há custo adicional.


5° Dia - Em Wellington: dia livre

Pernoite: Wellington

Wellington é daquelas cidades que não dá vontade de ir embora. Pequena e cheia de atrativos que surpreendem.
Uma dica é pegar o bonde no centro e ir até o Jardim Botânico, com vistas deslumbrantes do porto. Continue o passeio e visite a casa onde a famosa escritora Katherine Mansfiel cresceu e dali siga para a magnífica catedral gótica St. Paul.

A sugestão para noite é se perder no subúrbio de Petone, repleto de cafés badalados, galerias de arte e moda.

6° Dia - Ida de Wellington para Picton (ferry – aprox. 3h30)

Pernoite: Nelson

Traslado até o porto e embarque em ferry para travessia do Estreito de Cook até a cidade litorânea pitoresca de Picton. Na chegada, traslado para Nelson.

Conhecida por ser a cidade mais ensolarada da Nova Zelândia, Nelson tornou-se cidade-polo para criativos. Lugar ideal para apreciar a arte local e saborear um delicioso Sauvignon Blanc regional.


7° Dia - Em Nelson: passeio de bicicleta

Pernoite: Nelson

Dia de explorar a região vinícola de bicicleta pela Great Taste Trail, percorrendo uma paisagem rural e plana entre vinhedos, pomares de maçã e fazendas. A pedalada pela trilha off-road é autoguiada, seguindo o mapa que mostra ao todo seis vinícolas nas proximidades. Mas, atenção, nem todas estão abertas todos os dias.

Antes de começar o passeio, é dada uma explicação sobre a rota, localização das vinícolas e outros lugares que se pode visitar ao longo do caminho. Está incluído degustação de vinhos em duas vinícolas e almoço.

Nota: O tour opera a partir de meados de outubro até meados de abril.


8° Dia - Em Nelson: caminhada no Parque Nacional Abel Tasman

Pernoite: Nelson

Dia de caminhada no Parque Nacional Abel Tasman, o menor do país e sem dúvida, um dos mais lindos.
Traslado em ônibus até Kaiteriteri, onde começa a caminhada até o Parque Nacional Abel Tasman. Encontre seu guia e junte-se ao Cruzeiro Vista para navegar pelo magnífico litoral até Torrent Bay.
Essa é a hora de descobrir as belas praias, os estuários das marés e os rios mais pitorescos em seu passeio de caiaque de Torrent Bay até Pinnacle Island.
No caminho, haverá uma pausa em uma enseada para o almoço (não incluído) e tempo para relaxar, explorar, nadar ou aproveitar o sol na areia dourada.
Já na Pinnacle Island, é possível ver a colônia de focas e alguns dos pinguins azuis.
De volta ao Torrent Bay Lodge, refresque-se com um banho quente e embarque novamente no barco para voltar a Kaiteriteri.

9° Dia - Saída de Nelson

Traslado para o aeroporto de Nelson e embarque em voo de volta.


RESERVE SUA VIAGEM
Somente parte terrestre

Hospedagem
3 noites com café da manhã em Auckland;
2 noites com café da manhã em Wellington;
3 noites com café da manhã em Nelson.

Traslado
Traslados de chegada e saída (aeroporto / hotel / aeroporto) em serviço privativo com motorista-guia em idioma inglês em Auckland.
Traslados de chegada e saída (aeroporto / hotel / porto) em serviço privativo com motorista-guia em idioma inglês em Wellington.
Travessia em ferry de Wellington para Picton.
Traslados de chegada e saída (porto / hotel / aeroporto) em serviço privativo com motorista-guia em idioma inglês em Nelson.

Passeio
AUCKLAND
Serviço de motorista-guia a disposição por 5h para visitar Gibbs Farm.
Visita à Waiheke Island – Gourmet Food & Wine Tour – serviço privativo com guia local em idioma inglês.
Travessia em ferry Auckland / Waiheke Island / Auckland.

NELSON
Passeio de bicicleta self-guided pela Great Taste Trail incluindo traslados shuttle, degustação de vinho e almoço.
Caminhada no Parque Nacional Abel Tasman. 

Assistência Internacional
Plano ASSIST CARD. Consulte-nos sobre informações e coberturas incluídas.

Não inclui
⋅ Imposto de remessa ao exterior (IRRF) de 8,58%;
⋅ Passagem aérea e taxas de embarque;
⋅ Despesas com documentação;
⋅ Despesas pessoais como telefonema, lavanderia e gorjeta;
⋅ Passeios além dos citados neste programa;
⋅ Refeições e bebidas não citados nos itens incluídos;
⋅ Qualquer outro item não mencionado como incluído.

Notas importantes
⋅ Os passeios estão sujeitos a condições climáticas.
⋅ Preços não válidos para período de feriados locais, Natal e Ano Novo.
Formas de pagamento da parte terrestre

Parcelamento em cartões de crédito:
Visa, Mastercard ou Diners: 35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros no cartão
Amex: 40% entrada (depósito bancário) + 4 parcelas iguais sem juros no cartão

Importante:
⋅ Os cartões de crédito aceitos devem ser de pessoa física e emitidos no Brasil. A primeira parcela do cartão será debitada na data da sua próxima fatura.
⋅ Cartões de crédito emitidos fora do país: o pagamento deverá ser feito à vista, em parcela única.

Parcelamento em cheques:
35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados)

Importante:
⋅ Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica.
⋅ Não aceitamos cheques de contas com menos de 6 meses da abertura.

Pagamento à vista: 3% de desconto (depósito bancário)

A cotação do dólar/euro será atualizada ao dia do pagamento do pacote de viagem.