TERRAMUNDI Viagens
+55 11 3060-5821

10
-dias-

- - - A PARTIR DE - - -

consultar

- - - PRINCIPAIS ATRAÇÕES: - - -

Uma imersão criativa em Rotorua, onde a cultura maori é bem viva e há deliciosas termas de água quente. De Auckland a Queenstown; compras, fiordes e arte. Roteiro by Creators.

nova-zelandia-fiordland

Nova Zelândia Cultura & Natureza

Nova Zelândia Cultura & Natureza

Quando belezas natural e cultural caminham juntas

Interesses

  • ao-ar-livre Ao Ar Livre
  • imersao-cultural Imersão Cultural
  • lua-de-mel Lua de mel
  • na-estrada Na Estrada

Quando ir

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez
Quanto tempo ficar

10 dias



Vale a pena conhecer

Auckland, Coromandel, Rotorua, Queenstown, Milford Sound



QUER UMA PROPOSTA SOB MEDIDA?
----------------- OU ------------------
Quer uma Proposta Sob Medida?

Solicite AquiSolicite Aqui

LigarLigar

Nova Zelândia parece ser feita toda à mão, com cenários delicadamente esculpidos pela mãe natureza e um universo artístico que celebra o tradicional sem excluir o toque de um país moderno. O mundo têxtil une cultura maori, que valoriza a arte handmade, às lã das ovelhas Merino, que vivem em fazendas com paisagens de tirar o fôlego - inspiração para profissionais antenados e novas referências para o dia a dia. Não deixe de acariciar a pele e aquecer ainda mais o coração em Kerosene Creek, cachoeira de água quente que promete experiência e fotos inéditas. Antes, desvende Rotorua, área geologicamente importante por milênios, repleta de gêiseres, poças de lama borbulhante e crateras fumegantes! É arte em seu estado mais bruto!

MOTIVOS PARA VIAJAR – A cultura neozelandesa é uma mistura de etnias, costumes, rituais e povos, características que contribuíram para esse país da Oceania ter destaque internacional. Apesar de tanta história, é uma nação jovem, o que a torna ainda mais interessante: é um destino "de bem com a vida", que come e bebe muito bem, pratica esportes do "lado de fora" e cultua um estilo de vida exemplar. Suas cidades estão classificadas entre as melhores do mundo para se morar, com ótimo nível de desenvolvimento humano, educação pública e expectativa de vida. Não é tão populoso e proporciona tranquilidade, espaço e o máximo de recursos naturais, sempre respeitando a tradicional cultura maori e ao mesmo tempo olhando para o futuro. Em resumo: você vai conhecer uma verdadeira e moderna maneira de bem-viver! E, sim, é mais perto do que imaginamos: 13 horas em voo direto de Santiago.

 

PAISAGEM DA JANELA –  Pousar no alto de um pico nevado depois de sobrevoar imponentes fiordes (grandes entradas de mar entre montanhas rochosas) é garantia de imagens que jamais serão esquecidas. Os picos cercam o lago Wakatipu, rodeado ainda por belas árvores, lugar ideal para passeio a pé ou de bicicleta. Uma das geografias mais diversas do planeta, a Nova Zelândia é privilegiada em relação à paisagem, dona de poços geotermais, praias, ilhas, vinhedos e olivais, além de pitorescos povoados costeiros. Aprecie as cachoeiras do fiorde Milford Sound, a oitava maravilha da Terra, depois de prestigiar a maior cidade da Nova Zelândia: Auckland tem um skyline moderno e praticamente customizado pelo grande número de veleiros que "moram" ali. Você verá ainda prédios históricos herdados dos colonizadores europeus contrastando com a arquitetura maori, além de museus que evidenciam a saga desse povo (o primeiro a habitar o território), e galerias de arte que refletem esse delicioso caldeirão cultural!

 

NÃO DÁ PRA PERDER – A cidade mais cool da Nova Zelândia, paixão internacional, parque de diversões natural: Queenstown! São diversas opções de esporte de aventura e também de bares, cafés e restaurantes, tudo contemplando a melhor ideia que se pode ter de qualidade de vida. Entre belas montanhas e com clima bem agradável, a paisagem inspira os kiwis (moradores locais) e estrangeiros (radicados ou visitantes) a aproveitar o cenário natural em atividades das mais variadas, como caminhadas, cavalgadas, bungee-jump, paraquedismo, canyon swing, rafting, downhills de bike, esqui e até rituais em spas de primeira. Escolha a sua!

 

POR QUE IR AGORA – Uma nação considerada "nova" mas que já tem tanto a oferecer, muito mais do que muita senhorinha por aí! Então, sim, a hora é agora: "bora" contemplar o país que sustenta com zero amadorismo um modo de vida excepcional! Vale ressaltar que, além da natureza e da qualidade presente no dia a dia da nação, os neozelandeses são conhecidos por serem educados, receptivos e bem-humorados, características divinamente herdadas dos Maori. Ótimas notícias: o país é extremamente seguro e há várias maneiras de se locomover por lá, entre elas, carro (a melhor) e transporte público (como o trem TranzAlpine que percorre trechos surreais de lindos!).

 

EXPERIÊNCIAS ÚNICAS – Imagine-se caminhando por 23 pontes suspensas entre copas de árvores sequóias de mais de 70 metros de altura. Isso à noite, claro! Conhecer a Red Woods Treewalk é uma vivência pra lá de sensorial e, por que não, estética - já que estamos falando de uma floresta com light designing, ou seja; o trajeto todo é "decorado" com luminárias desenhadas por um designer britânico apaixonado pela Nova Zelândia. Outro privilégio: explorar a Hot Water Beach, em Coromandel, quando a maré está baixa e é possível desfrutar de um spa termal fazendo apenas leve escavação na areia da praia! Não esqueça de embarcar em um rafting nas águas do rio Kaituna, o mais quente dali, e aproveite para pensar na importância dos recursos naturais: esse rio não é só fonte de aventura, ele foi durante muito tempo a fonte de vida da tribo local.

 

OLHAR TERRAMUNDI – É bem provável que você se encante tanto por essas duas ilhas do outro lado do mundo que queira deixar a experiência marcada na pele, com uma tatuagem neozelandesa feita por um líder moderno que preserva a tradição de ter o rosto todo tatuado! Definitivamente, a Nova Zelândia é um ponto fora do mapa, ou melhor, da curva! É uma nação que permite ir além do convencional, sempre. Desfrute.
 

1° Dia - Chegada a Auckland

Pernoite: Auckland

Na chegada a Auckland, traslado para o hotel.
Restante do tempo livre para conhecer um pouco da maior cidade do país. Cosmopolita e fortemente influenciada pela cultura polinésia, a cidade esbanja um requinte simples.


2° Dia - Em Auckland: dia livre

Pernoite: Auckland

Dia inteiramente livre.
Paraíso das compras e da alta gastronomia. Desfrute dos diversos cafés e restaurantes e se deixe levar pelas ruas do centro, entre Wynyard Quarter, Viaduct Harbour e o recinto Britomart.


3° Dia - Ida de Auckland para Coromandel (carro – aprox. 2h)

Pernoite: Coromandel

Pela manhã, retirada do carro na loja da locadora no centro de Auckland para seguir viagem rumo à Península de Coromandel. A costa leste é famosa por suas belas praias de areia branca que permitem nadar, surfar e velejar.


4° Dia - Em Coromandel: dia livre

Pernoite: Coromandel

A sugestão para o dia de hoje é conhecer Cathedral Cove, acessível apenas a pé ou de barco. Esta enseada é emoldurada por um enorme arco de rocha natural que se assemelha a uma catedral. É sem dúvida um dos lugares mais pitorescos na Península de Coromandel!


5° Dia - Ida de Coromandel para Rotorua (carro – aprox. 3h). Visita a Te Puia e caminhada noturna no The Redwoods

Pernoite: Rotorua

Deixe para trás as praias de Coromandel para mergulhar na cultura maori e na força geotérmica de Rotorua, cidade localizada às margens do lago de mesmo nome. Gêiseres, poças de lama borbulhante e crateras fumegantes revelam a incrível força da natureza.

À tarde, saída por conta própria até o Centro de Arte e Cultura Maori Te Puia para iniciar uma visita guiada de 90 minutos ao vale termal de Whakarewarewa, que inspirou o povo local durante séculos. O guia contará histórias herdadas de seus ancestrais enquanto você explora a reserva geotérmica. As visitas saem a cada hora a partir das 9:00, e a última visita guiada é às 16:00.

À noite, hora de viver a experiência na majestosa Floresta Whakarewarewa, conhecida pelos moradores como "The Redwoods”. O passeio é bem autêntico: caminhar entre as arvores pelas passarelas suspensas iluminadas por lanternas! Ao final da atividade, basta dirigir de volta para o hotel.


6° Dia - Em Rotorua: rafting no Rio Kaituna

Pernoite: Rotorua

O Rio Kaituna é muito importante para a cultura Maori e é um privilégio conhecê-lo da maneira mais emocionante: fazendo rafting! 

Estreito e cercado por mata nativa, ele oferece um cenário natural impressionante. O rio é lar não apenas de uma, mas de três impressionantes cascatas, incluindo Tutea (7 metros), a queda d'água mais procurada para a prática de rafting no mundo. Antes de começar, há um treinamento sobre segurança (15 a 20 minutos) e depois o instrutor guia a atividade em um dos mais belos rios que a Nova Zelândia tem a oferecer. Não há dúvida de que esta será uma experiência inesquecível durante a viagem!

Que tal terminar o dia relaxando em piscinas de águas termais depois de uma manhã cheia de adrenalina? À tarde, sugerimos uma visita ao Kerosene Creek. Esta é uma área de fonte termal natural com uma cachoeira cercada por floresta densa e trilhas primitivas, localizada a cerca de 35 km ao sul de Rotorua.

Para se despedir de Rotorua, nada melhor que um jantar maori, cheio de história, entretenimento e boa culinária! 
A noite começa com uma visita ao hangi para ver as cestas cheias de comida, em seu característico forno subterrâneo para a preparação da festa tradicional da noite.
Depois, há o acolhimento tradicional e o desafio do líder do grupo com um dos guerreiros maoris para permitir que ele entre na casa de reunião. Uma vez na casa ancestral, desfrute de um show de danças, músicas e jogos tradicionais, seguido pelo requintado jantar hangi. Após o jantar, pegue o waka motorizado (transporte) para uma caminhada noturna pelo vale até Pohutu Geyser. Termine a sua noite inesquecível sentado no calor das rochas naturalmente quentes com um delicioso chocolate quente enquanto ouve o seu guia contar histórias em frente ao gêiser Pohutu iluminado em todo o seu esplendor sob o céu estrelado.

7° Dia - Ida de Rotorua para Queenstown (voo)

Pernoite: Queenstown

Dia dedicado a seguir de carro até o aeroporto de Rotorua para devolver o veículo alugado, e em seguida embarcar com destino à cidade de Queenstown. Na chegada, traslado ao hotel.


8° Dia - Em Queenstown: Shotover Jet e dia livre

Pernoite: Queenstown

Manhã especialmente voltada a um dos passeios mais conhecidos de Queenstown, o Shotover Jet: uma aventura a bordo de um barco de alta velocidade que percorre os cânions dramáticos do Shotover River, com curvas e manobras radicais.

Ida por conta própria até o escritório da Shotover Jet, localizado no centro de Queenstown. De lá, o traslado em ônibus da empresa leva até às margens do rio para iniciar a aventura.
Ao final do passeio, traslado de retorno em ônibus ao centro de Queenstown.

Dica: aproveite ainda para curtir o complexo Skyline, situado no alto da montanha da cidade. Além de oferecer vistas deslumbrantes a partir das plataformas de observação, o local também conta com o famoso restaurante panorâmico Stratosfare. O acesso até Bob’s Peak é pelo Queenstown Skyline Gondola, um dos teleféricos mais íngremes do mundo!

Nota: Durante o dia, você pode utilizar o serviço de traslado cortesia oferecido pelo hotel para o centro de Queenstown.


9° Dia - Em Queenstown: passeio a Milford Sound

Pernoite: Queenstown

Dia dedicado a Milford Sound. Bem cedo pela manhã, o ônibus da empresa Real Journeys irá fazer o translado do hotel até onde começa a viagem a um dos cenários mais bonitos da Nova Zelândia: o Parque Nacional dos Fiordes.

Depois de percorrer a rota cênica, é hora de apreciar a beleza deslumbrante do fiorde Milford Sound a bordo de um cruzeiro de cerca de 2h30, navegando pelo Mar da Tasmânia. Dali, é possível ver o pico Mitre, que surge dramaticamente ao fundo. Durante o passeio de barco é servido almoço estilo piquenique (com sanduíche, suco, queijo, biscoito e fruta). O retorno a Queenstown está previsto para ser feito também de ônibus. Mas, se preferir, e se a condição climática permitir, você pode escolher a opção de retornar por avioneta ou helicóptero (não incluído).



10° Dia - Saída de Queenstown

Traslado para o aeroporto de Queenstown e embarque em voo de volta.

RESERVE SUA VIAGEM
  • regent-of-rotorua

    Regent of Rotorua

    Um escape luxuoso e elegante no meio da cidade, unindo design, decor contemporânea, conforto e muito estilo - além de ótima localização.

    ✚ Saiba Mais
Somente parte terrestre

Hospedagem
2 noites com café da manhã em Auckland;
2 noites com café da manhã em Coromandel;
2 noites com café da manhã em Rotorua;
3 noites com café da manhã em Queenstown.

Traslado
Traslado de chegada (aeroporto / hotel) em serviço privativo com motorista-guia em idioma inglês em Auckland;
Traslados de chegada e saída (aeroporto / hotel / aeroporto) em serviço privativo com motorista-guia em idioma inglês em Queenstown.

Aluguel de carro
Categoria IFAR (modelo Ford Escape Trend ou similar), câmbio automático, seguro contra danos e roubo, com GPS.
Retirada do veículo em Auckland e devolução em Rotorua.

Passeio
ROTORUA
Visita de meio dia ao Centro de Arte e Cultura Maori Te Puia – serviço regular com guia local em idioma inglês.
Caminhada noturna na floresta The Redwoods – serviço regular com guia local em idioma inglês.
Rafting no Rio Kaituna.
Jantar Maori Te Puia.

QUEENSTOWN
Shotover Jet Boat Ride (incluindo traslados shuttle).
Skyline Gondola.
Cruzeiro Milford Sound com guia a bordo em idioma inglês (incluindo traslados em ônibus).

Assistência Internacional
Plano ASSIST CARD. Consulte-nos sobre informações e coberturas incluídas.

Não inclui
⋅ Imposto de remessa ao exterior (IRRF) de 8,58%;
⋅ Passagem aérea e taxas de embarque;
⋅ Despesas com documentação;
⋅ Despesas pessoais como telefonema, lavanderia e gorjeta;
⋅ Passeios além dos citados neste programa;
⋅ Refeições e bebidas não citados nos itens incluídos;
⋅ Estacionamento, pedágio e combustível para o carro alugado;
⋅ Qualquer outro item não mencionado como incluído.

Notas importantes
⋅ Os passeios estão sujeitos a condições climáticas.
⋅ A idade mínima para alugar o carro é 26 anos.
⋅ Preços não válidos para período de feriados locais, Natal e Ano Novo.
Formas de pagamento da parte terrestre

Parcelamento em cartões de crédito:
Visa, Mastercard ou Diners: 35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros no cartão
Amex: 40% entrada (depósito bancário) + 4 parcelas iguais sem juros no cartão

Importante:
⋅ Os cartões de crédito aceitos devem ser de pessoa física e emitidos no Brasil. A primeira parcela do cartão será debitada na data da sua próxima fatura.
⋅ Cartões de crédito emitidos fora do país: o pagamento deverá ser feito à vista, em parcela única.

Parcelamento em cheques:
35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados)

Importante:
⋅ Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica.
⋅ Não aceitamos cheques de contas com menos de 6 meses da abertura.

Pagamento à vista: 3% de desconto (depósito bancário)

A cotação do dólar/euro será atualizada ao dia do pagamento do pacote de viagem.