TERRAMUNDI Viagens
+55    11 3060-5800

14
-dias-

- - - A PARTIR DE - - -

USD2.750,00

- - - PRINCIPAIS ATRAÇÕES: - - -

Da Ilha Norte à Ilha Sul em quatro rodas por duas semanas, percorrendo os cartões-postais do país de Auckland a Queenstown. Cavernas brilhantes, glaciares e fiordes, tudo ao seu ritmo.

Nova Zelândia de carro

Nova Zelândia de carro

Sempre à esquerda: dirigindo pelas ilhas norte e sul

Interesses

  • ao-ar-livre Ao ar livre
  • lua-de-mel Lua de mel
  • na-estrada Na Estrada

Quando ir

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez
Quanto tempo ficar

14 a 20 dias



Vale a pena conhecer

Auckland, Rotorua, Tongariro, Wellington, Kaikoura, Glacial Franz Josef, Queenstown e Dunedin
 



QUER UMA PROPOSTA SOB MEDIDA?
(11) 3060.5800
----------------- OU ------------------
Quer uma Proposta Sob Medida?

Solicite AquiSolicite Aqui

LigarLigar

Alugue o carro em Auckland para rodar por duas semanas de norte a sul. As paradas na Ilha Norte podem acontecer em Rotorua, centro da cultura maori, e no Parque Nacional Tongariro, bom para trekking. Passando Wellington chegam os imperdíveis da Ilha Sul: Kaikoura, para ver baleias e golfinhos; Punakaiki, para visitar o Parque Nacional Paparoa; Franz Josef, onde fica o glaciar que lhe dá nome; e Wanaka, para curtir o lago em seu entorno. Queenstown, com suas atividades de aventura, e o fiorde de Milford Sound encerram a viagem em grande estilo.

MOTIVOS PARA VIAJAR – O jeito mais agradável de conhecer esse país tão bonito, pequeno e diverso é de carro, parando onde der na telha para explorar os lugares no seu tempo. A Nova Zelândia possui algumas das estradas mais cênicas do mundo, e o asfalto parece um tapete. Você só tem de aprender a dirigir na mão inglesa. Basta lembrar que o câmbio e a faixa certa estão à esquerda!
 

PAISAGEM DA JANELA – Auckland alia urbanidade e o charme das baías, Wellington respira cultura e gastronomia, Queenstown é dos esportes de aventura. E, entre uma cidade e outra, a natureza é quem dá seu show. Surgem montanhas com picos nevados, gêiseres e poços geotermais borbulhantes, lagos e rios de água cristalina, praias dignas de sonho, fiordes cercados por lindas trilhas na floresta, altas cachoeiras, glaciares sem fim, mares repletos de baleias, golfinhos e pinguins-de-olho-amarelo.
 

NÃO DÁ PRA PERDER – Primeiro, pratique na apaixonante Queenstown todas as atividades ao ar livre com as quais sonhou. Depois, passe dias de relaxamento em Dunedin, uma animada cidade universitária que pulsa em um ambiente histórico. Construída com as riquezas da corrida do ouro, ela preserva um dos melhores acervos da arquitetura eduardiana e vitoriana do Hemisfério Sul. E pode ser uma base para observar os raros pinguins-de-olhos-amarelos da selvagem Península de Otago.
 

POR QUE IR AGORA – Sabe aquelas locações incríveis usadas nas filmagens das trilogias cinematográficas O Senhor dos Anéis e O Hobbit? São todas na Nova Zelândia. Qualquer um pode ter seus dias de Bilbo na Middle-earth original visitando Matamata, ao norte, e as montanhas verdes da capital, Wellington, no centro do país. Quem fizer as trilhas do Parque Nacional Tongariro vai ter as mesmas visões de Mordor, enquanto em Glenorchy, perto de Queenstown, chegará perto da mítica fortaleza de Isengard.
 

EXPERIÊNCIAS ÚNICAS – Está em dúvida sobre qual trilha fazer neste éden do trekking que é a Nova Zelândia? No Parque Nacional Tongariro, onde foram gravadas várias cenas da série O Senhor dos Anéis, uma jornada imperdível é a Tongariro Alpine Crossinq, que, ao longo do dia, cruza as encostas de três vulcões e passa por crateras fumegantes, fluxos de lava petrificados e lagos termais. Outra caminhada clássica é a de Milford Track, que beira por quatro dias a atração mais espetacular da Nova Zelândia, o fiorde de Milford Sound – normalmente explorado em passeios de barco.
 

OLHAR TERRAMUNDI – Vale a pena dar duas fugidas da rota mais batida. O primeiro desvio é para Hawke’s Bay, coração da região vinícola. Outra escapada parte da pitoresca cidade costeira de Kaikoura, cercada por montanhas nevadas e pelo Oceano Pacífico. Bucólica base para navegar observando baleias, aves e focas – e saboreando lagostas frescas –, ela é vizinha de Akaroa, vila mais francesa da ilha, que tem casas históricas e restaurantes que revisitam a nouvelle cuisine. Saem dali barcos que levam a refúgios naturais onde é possível, acredite, nadar com golfinhos.

1° Dia - Chegada a Auckland

Pernoite: Auckland

Na chegada a Auckland, retirada do carro na loja da locadora.
Aproveite o restante do tempo livre para conhecer um pouco dessa cidade tão cosmopolita, fortemente influenciada pela exótica cultura polinésia, e que é dona de uma gastronomia de destaque.


2° Dia - Ida de Auckland até Waitomo para passeio nas cavernas brilhantes. Na sequência, continuação para Rotorua (aprox. 350 km)

Pernoite: Rotorua

Deixe Auckland e siga rumo ao interior do país, passando por Waitomo para fazer um passeio guiado de barco por entre estalagmites e estalactites no interior de uma das cavernas. Ao olhar pra cima, verá o teto forrado de glowworms, pequenos insetos que emitem luz como os vagalumes Em seguida, de volta à estrada em direção a Rotorua, conhecida por sua atividade geotermal. No fim da tarde, visite o povoado Maori e assista a uma demonstração de músicas e danças. À noite, desfrute de um jantar típico Hangi e aproveite para entender um pouco mais da cultura, das crenças e dos costumes do povo nativo do país. 

3° Dia - Ida de Rotorua para Tongariro (aprox. 150 km)

Pernoite: Tongariro

Ao deixar Rotorua, visite os vales termais de Te Puia e Waimangu. Em Te Puia, faça um passeio guiada incluindo visitas ao Kiwi House e Centro de Artes e Artesanatos Maori. Em Waimangu, poderá ver claramente os efeitos da erupção de 1886 do Monte Tarawera, que mudou a paisagem de toda a região.
Siga, então, rumo ao sul até o Parque Nacional de Tongariro. No caminho, pare para tomar um chá ou almoçar às margens do Lago Taupo, na cidade de mesmo nome. Após check-in no hotel em Togariro, saia para caminhar em alguma das trilhas do parque, que guarda paisagens deslumbrantes.


4° Dia - Ida de Tongariro para Wellington (aprox. 345 km)

Pernoite: Wellington

Siga para o sul com destino à capital da Nova Zelândia: Wellington. A cidade está situada em torno do porto e é conhecida pelo vento que sopra forte quase todos os dias.

5° Dia - Em Wellington: dia livre

Pernoite: Wellington

Desfrute de um dia inteiramente livre para curtir o destino como preferir.
Não deixe de subir no topo do Monte Victoria para curtir vistas impressionantes da cidade, do porto e do oceano ao sul.

6° Dia - Ida de Wellington para Picton em ferry (aprox. 3h30) e continuação em carro até Kaikoura (aprox. 160 km)

Pela manhã, devolva o carro alugado no terminal de ferry Interislander, em Wellington. A seguir, embarque em ferry para travessia do Estreito de Cook até Picton. Na chegada à cidade, retirada do novo veículo alugado para continuação da viagem até Kaikoura.

7° Dia - Ida de Kaikoura para Punakaiki (aprox. 380 km)

Pernoite: Punakaiki

Cedo pela manhã, realize um passeio de barco para observar as baleias. Além delas, você poderá ver focas, golfinhos e albatrozes ameaçados de extinção. Após o tour, siga viagem rumo a Punakaiki, cidade base para se visitar o Parque Nacional Paparoa, conhecido pelas rochas de calcário de formatos que lembram panquecas, formadas há cerca de 30 milhões de anos.

8° Dia - Ida de Punakaiki para Franz Josef, passando por Greymouth e Hokitika (aprox. 225 km)

Pernoite: Franz Josef

Deixe Punakaiki e siga viagem rumo à região dos glaciares, passando por Greymouth, a maior cidade na costa oeste da Ilha Sul; e Hokitika, uma cidadezinha à beira da praia, famosa pela produção de jade.
Na chegada a Franz Josef, explore uma das principais atrações da Nova Zelândia: os glaciares. Após um sobrevoo cênico em helicóptero, o que torna essa experiência ainda mais especial, você irá pousar no alto da geleira e iniciar uma caminhada guiada por cerca de 3h. O passeio também inclui entrada a Glacier Hot Pools, que são várias piscinas aquecidas em diferentes temperaturas onde você pode relaxar depois da caminhada.


9° Dia - Ida de Franz Josef para Wanaka (aprox. 280 km)

Pernoite: Wanaka

Viagem com destino a Wanaka, cidade conhecida por passeios de barco, pesca e esqui em Treble Cone e Cardrona.

10° Dia - Ida de Wanaka para Queenstown (aprox. 117 km)

Pernoite: Queenstown

Antes de deixar Wanaka, faça uma caminhada ao longo das margens do Lago Wanaka. E então, siga rumo a Queenstown pela State Highway 6, passando por Lowburn, Cromwell e Gibbston Valley, famoso pelas vinícolas.
O roteiro inclui bilhete para Skyline Gondola que sobe até o topo do Bob's Peak para uma vista panorâmica da cidade de Queenstown e do Lago Wakatipu.

Nota: Durante o inverno, não pegue a Crown Range Road, que é o caminho mais rápido até Queenstown, pois é uma estrada sinuosa e perigosa.


11° Dia - Em Queenstown: passeio a Milford Sound

Pernoite: Queenstown

Realize um passeio de dia inteiro a Milford Sound. Bem cedo pela manhã, siga em ônibus para cruzar o Parque Nacional dos Fiordes, um dos cenários mais bonitos da Nova Zelândia. Um barco te levará até o Mar da Tasmânia, de onde é possível apreciar a magnitude dos fiordes, o pico Mitre e as cascatas Bowen. Durante a travessia é servido almoço. Ao fim da visita, retorno a Queenstown em ônibus.

Nota: O retorno a Queenstown também pode ser em avioneta ou helicóptero, com sobrevoo do parque (não incluído). A reserva deste serviço deverá ser feita no destino, uma vez que sua realização está sujeita as condições climáticas.


12° Dia - Ida de Queenstown para Dunedin (aprox. 290 km)

Pernoite: Dunedin

Siga viagem com destino a Dunedin, seguindo pelas rodovias State Highways 8 e 1 via Alexandra e Milton. Recomendamos uma parada em uma das barracas de frutas na beira da estrada em Cromwell para experimentar algumas das delícias locais.

13° Dia - Em Dunedin: dia livre

Pernoite: Dunedin

Um dia livre para você curtir a cidade com atividades à sua escolha.


14° Dia - Saída de Dunedin

Devolução do veículo alugado no aeroporto de Dunedin e embarque em se voo de volta.


RESERVE SUA VIAGEM
  • hotel-debrett

    Hotel DeBrett

    Situado no coração de Auckland, esse descolado hotel-butique herdou parte do seu estilo da localização: o DeBrett fica na High Street, a rua mais fashion da cidade. Cada um dos 25 quartos tem decoração exclusiva, com fotografias e objetos de arte neozelandeses.

  • mollies-luxury-boutique-hotel

    Mollies Luxury Boutique Hotel

    Uma verdadeira joia de Auckland. Mollies é um pequeno e luxuoso hotel-butique com serviços e acomodações de primeira linha. O estilo vitoriano e o tratamento intimista proporcionado pelo casal de donos, Bernardete e Steve, deixam tudo ainda mais cheio de classe.

  • queenstown-park-boutique-hotel

    Queenstown Park Boutique Hotel

    O hotel-butique combina a bela arquitetura moderna – paredes de tijolos aparentes, grandes janelas de vidro e detalhes em madeira – com o interior romântico e contemporâneo. É a melhor hospedagem para quem gosta de design e busca aconchego em Queenstown.

  • the-rees-hotel

    The Rees Hotel

    Localizado às margens do Lago Wakatipu, o The Rees Hotel compensa a pequena distância do Centro caprichando no visual deslumbrante que proporciona das belezas naturais da região, como as montanhas e águas azuis. A decoração é clássica, romântica e bem elegante.

  • acacia-cliffs-lodge

    Acacia Cliffs Lodge

    Situado no alto da montanha, esse luxuoso hotel-butique de arquitetura contemporânea enche os olhos do visitante com sua deslumbrante vista panorâmica para o Lago Taupo. Com proposta intimista, é para poucos: possui apenas quatro suítes e recebe até oito hóspedes.

Somente parte terrestre
 
Hospedagem
1 noite sem café da manhã em Auckland;
1 noite sem café da manhã em Rotorua;
1 noite sem café da manhã em Tongariro;
2 noites sem café da manhã em Wellington.
1 noite sem café da manhã em Kaikoura;
1 noite sem café da manhã em Punakaiki;
1 noite sem café da manhã em Franz Josef;
1 noite sem café da manhã em Wanaka;
2 noites sem café da manhã em Queenstown;
2 noites sem café da manhã em Dunedin.

Travessia em ferry 
Bilhete de ferry Interislander no trecho Wellington / Picton (balsa compartilhada com outros passageiros).
 
Aluguel de carro
Budget Rent a Car – Categoria CDAR (1 a 2 pessoas: Ford Focus ou similar) | IFAR (3 a 4 pessoas: Toyota Rav 4 ou similar).
1ª locação: retirada no aeroporto de Auckland e devolução no porto de Wellington
2ª locação: retirada no porto de Picton e devolução no aeroporto de Dunedin

Passeios em serviço regular
AUCKLAND
Entrada nas atrações Sky Tower / Sky Deck e Museu Memorial da Guerra de Auckland
Passeio guiado às cavernas de Waitomo (duração: 45 min.) no caminho de Auckland para Rotorua
 
ROTORUA
Visita à Tamaki Maori Village (duração: 3h30) com jantar temático Hangi, incluindo traslados de ida e volta
Passeio guiado ao parque termal de Te Puia (duração: 1h30)
Entrada a Waimangu Valley Walk (self-guided)
 
KAIKOURA
Passeio de barco para avistar baleia (duração: 2h30).
 
FRANZ JOSEF
Passeio com sobrevoo em helicóptero e 3h de caminhada na geleira, incluindo entrada ao Glacier Hot Pools.

QUEENSTOWN
Visita de dia inteiro à Milford Sound (com almoço piquenique e comentários a bordo em inglês), incluindo traslados de ida e volta.
Bilhete para Skyline Gondola
 
Assistência Internacional
Plano ASSIST CARD AC60. Consulte-nos sobre informações e coberturas incluídas.
 
Não inclui
- Imposto de remessa ao exterior (IRRF) de 6,38%;
- Passagem aérea e taxas de embarque;
- Despesas com documentação;
- Despesas pessoais como telefonema, lavanderia e gorjeta;
- Passeios além dos citados neste programa;
- Refeições e bebidas não citados nos itens incluídos;
- GPS e taxa de devolução em outra cidade (a ser pago diretamente para a locadora);
- Estacionamento nos hotéis, pedágio e combustível para o carro;
- Qualquer outro item não mencionado como incluído.
 
Notas importantes
- Os passeios de barco estão sujeitos a condições climáticas.
- Preços não válidos para período de feriados locais, Natal e Ano Novo.
Forma de pagamento da parte terrestre:
Cheque (de pessoa física, sujeito a aprovação por instituição financeira) ou Cartão (de pessoa física emitido no Brasil):
30% de entrada à vista e saldo parcelado em até 6x.