TERRAMUNDI Viagens
+55 11 3060-5821

07
-dias-

- - - A PARTIR DE - - -

BRL4.776,00

- - - PRINCIPAIS ATRAÇÕES: - - -

A jornada perfeita para se envolver com a cultura diversa e a natureza rica do Pará, da vibrante Belém até as praias de rio da Ilha de Marajó. 

pantano-de-belem

Belém com Comunidades e Marajó

Interesses

  • ferias-de-julho Férias de Julho
  • imersao-cultural Imersão Cultural

Quando ir

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez
Quanto tempo ficar

7 dias



Vale a pena conhecer

Belém, Comunidades Tradicionais e Ilha do Marajó



QUER UMA PROPOSTA SOB MEDIDA?
----------------- OU ------------------
Quer uma Proposta Sob Medida?

Solicite AquiSolicite Aqui

LigarLigar

1° Dia - (Quarta) - Chegada em Belém

Pernoite: Belém

Embarque com destino ao Aeroporto de Belém. Chegada, recepção e traslado para o hotel.
Restante do dia livre para explorar temas do seu interesse.

Nota: escolher um voo com chegada até às 15h00 para passar o fim de tarde na Estação das Docas, complexo cultural e de lazer instalado em galpões de ferro inglês do século 19, completamente restaurados, na margem da Baía do Guajará – a sugestão é você degustar cervejas artesanais com sabores regionais, na Amazon Beer e, em seguida, jantar no restaurante regional Lá em Casa, famoso pela organização do Festival de Gastronomia “Ver-o-Peso da Cozinha Paraense”, onde recomendamos experimentar o “corridinho de peixe”, uma degustação dos melhores peixes da Amazônia, servido em duas partes e acompanhado de sorvete de cupuaçu de sobremesa. (Refeições: não incluídas).


2° Dia - (Quinta) - Belém - City tour Descobrindo Belém

Pernoite: Belém

Saída por volta das 08:30, após o café da manhã, para um passeio por Belém com visita ao Mercado do Ver-o-Peso, aonde chega, de todas as partes do interior do Estado, produtos extraídos da floresta e dos rios da Amazônia, um grande mosaico de cores, aromas e sabores amazônicos, tão característicos do Pará. Continuação da caminhada pela Cidade Velha, para conhecer um dos acervos históricos e arquitetônicos mais ricos do país, passando pelas estreitas ruas onde a cidade começou até o Complexo Feliz Lusitânia, que abriga a Catedral da Sé, Museu de Arte Sacra, Casa das Onze Janelas, Forte do Castelo e Museu do Encontro, espaço que abriga peças e objetos que remetem à ocupação de Belém, além de peças de cerâmica marajoara e tapajônica, encontradas em sítios arqueológicos no interior da Ilha de Marajó e Região do Tapajós.
Continuação do passeio com deslocamento de carro até a Praça da República, para visita ao Theatro da Paz, um remanescente da época áurea do ciclo da borracha que durante boa parte do ano recebe companhias de ópera e peças de teatro do Brasil e do mundo.
Em seguida, Estação das Docas um complexo cultural e de lazer instalado em galpões de ferro inglês do século 19, completamente restaurados, na margem da Baía do Guajará.
Por volta das 13:00, término do passeio com parada para almoço.
Caso você tenha visitado a Estação das Docas no dia anterior (conforme sugestão proposta), você pode almoçar no Restaurante “Point do Açaí” e experimentar, o açaí à moda paraense, com peixes fritos. Contudo, se você não quiser ser tão radical, uma ótima opção é experimentar uma das melhores combinações preparadas:  o “filhote”, um dos peixes nobres dessa parte da Amazônia, a dica é pedir “filé de filhote ao tucupi reduzido”, acompanhado de arroz de jambú, camarão e farofa de chicória”.
Caso contrário, a parada é na Estação das Docas e a sugestão de almoço é no restaurante regional Lá em Casa, famoso pela organização do Festival de Gastronomia “Ver-o-Peso da Cozinha Paraense”. Lá, o serviço de buffet inclui pratos tradicionais da gastronomia paraense, como o pato no tucupí e a maniçoba, dentre outros, mas não esqueça, coma um pouco de cada vez, não misture os sabores e faça tudo sem pressa!
Às 14:30 o carro estará aguardando para levá-lo de volta ao hotel. Se desejar permanecer mais tempo no local, é recomendável retornar ao hotel utilizando o serviço de taxis credenciados da própria Estação das Docas.


3° Dia - (Sexta) - Belém - Ilha do Marajó: Comunidade e Praia do Céu e Experiência Gastronômica em Queijaria Marajoara

Pernoite: Soure

Traslado do hotel em Belém para o Terminal Hidroviário e partida em direção à Ilha do Marajó.
Quando usada a saída preferencial, sua viagem durará cerca de 2 horas navegando pelo estuário do rio Amazonas, atravessando a região insular de Belém, depois a Baía de Marajó, até a chegada em Soure para acomodação.
 
Nota: o horário de chegada previsto é as 10:30, porém por padrão o check-in nos hotéis ocorre apenas a partir das 13:00. Quando houver disponibilidade no hotel escolhido, o check-in poderá ser antecipado, mas quando isso não for possível, seu anfitrião estará pronto para antecipar algum passeio.
 
Visita à Comunidade e Praia do Céu – após desembarque, seguir em direção à Vila do Pesqueiro, de lá travessia até a Praia Céu. O almoço será na Vila Céu, uma pequena comunidade pesqueira, com parada para descanso e banho de praia.
 
Experiência Gastronômica em Queijaria Marajoara - seguir de carro até uma queijaria marajoara para conhecer o processo semi-industrializado de produção do queijo de Marajó. Aqui não se produz mozzarella de búfalo, apenas o tradicional queijo de Marajó com leite de búfala. Você irá conhecer a fazenda, passeando em cavalos, búfalos e/ou charretes e participará de um menu degustação de queijos, doces e ervas.
Retornamos ao hotel após o pôr-do-sol. Noite livre.
 


4° Dia - (Sábado) - Descobrindo a Cerâmica Marajoara, Passeio de barco no Furo Miguelão e Descobrindo a dança do carimbó

Pernoite: Soure

Descobrindo a Cerâmica Marajoara – após o café da manhã, partida para conhecer o entorno da cidade e descobrir a Cerâmica Marajoara. Visita ao Ateliê de Cerâmica Marajoara do Artesão Carlos Amaral, que reproduz peças baseadas na cultura Aruan, última etnia indígena a habitar Marajó; Visita também o Ateliê do  Artesão Ronaldo Guedes, artista contemporâneo, que reproduz peças cerâmicas baseadas nas diversas etnias indígenas que habitaram Marajó, além de peças em madeira coletada nas praias e manguezais.
 
Vila de Pescadores e Praia Pesqueiro – saída para visita à Vila de Pescadores na praia Pesqueiro para conhecer o modo de vida da comunidade.
Passeio de barco a motor no furo Miguelão – com a maré alta, saída em direção ao trapiche, localizado na margem do rio Paracauary, de onde partirá o barco regional motorizado com destino ao Furo Miguelão, caminho pelo rio sob a floresta de mangue e floresta de igapó, construído com força humana, na primeira metade do século 20, para encurtar a navegação entre as fazendas da região. Parada para banho de rio. Retorno ao hotel em seguida.
 
Descobrindo a dança do carimbó – quando disponível, assistir ao ensaio de grupo de tradições marajoaras, apresentando o tradicional ritmo do carimbó, dança de origem indígena, que recebeu influências das culturas negra e portuguesa, presente na cultura marajoara desde o período colonial. Retornamos ao hotel após atividade.
Nota: Os ensaios dos grupos de tradições folclóricas são realizados durante a semana e são abertos ao público em geral e estão sujeitos à confirmação.
 


5° Dia - (Domingo) - Praia de Joanes - Belém

Pernoite: Belém

De manhã, atravessar o rio Paracauary, em direção ao município de Salvaterra, seguindo pela PA-154 para chegar à vila de Joanes, conhecida por ser o local escolhido pelos portugueses para iniciar a colonização dessa região no século 17. Seguir para a Praia Grande para passar o resto da manhã em um dos restaurantes da praia. Se você desejar, faça uma pequena caminhada pela praia, de aproximadamente 600m, e  visite as ruínas da igreja erguida pelos Jesuítas e o mirante natural sobre a falésia, de onde se tem uma visão panorâmica da Baía de Marajó.
Traslado para o porto Camará para embarque de retorno com destino à Belém. Chegada à Belém seguida de traslado ao hotel. Pernoite.
 


6° Dia - (Segunda) - Belém - Comunidades Tradicionais

Pernoite: Belém

Saída do hotel por volta das 8h00 e embarque fluvial no porto de Belém, com destino ao Porto de Boa Vista. Serão utilizados barcos regionais chamados “pô-pô-pô”. A travessia dura aproximadamente 30 minutos.
Início da caminhada por estradas de terra sob vegetação primária e secundária. No caminho, parada para observar uma das enormes e centenárias Sumaúmas, as maiores árvores da Amazônia. A caminhada é de 2,5 km e dura entre 40 minutos e 1 hora até a sede da Associação dos Produtores Orgânicos de Boa Vista do Acará, esse tempo depende também do interesse do visitante pela floresta.
Ao chegar na comunidade, recepção com um lanche regional a base de frutas e sucos da época, tapioquinhas e bolos feitos de mandioca. Em seguida, visita a algumas famílias da comunidade passando pela casa de farinha, onde os moradores produzem a farinha de mandioca e seus derivados; o cultivo da priprioca, um tipo de capim com raíz perfumada, atualmente utilizada pela indústria na fabricação de cosméticos. Além disso, dependendo da época, conhecer a coleta de frutos das árvores amazônicas como a castanha do pará, o tucumã, o açaí, o buriti e a graviola.
O passeio pela comunidade é finalizado com um perfumado banho de ervas no igarapé. Retorno para Belém com previsão de chegada para as 14h00 e traslado para o hotel.
Inclui lanche regional na comunidade.

7° Dia - (Terça) - Belém / Origem

Café da manhã no hotel, e em horário pré-determinado, traslado para o aeroporto para embarque de retorno à cidade de origem.


RESERVE SUA VIAGEM
Hospedagem
4 noites com café da manhã, em Belém
2 noites com café da manha, em Soure

Traslados 
Traslado Aeroporto Belém / Hotel Belém (compartilhado)
Traslados Hotel Belém / Terminal Hidroviário / Hotel em Belém (compartilhados)
Traslados fluviais no trecho Belém / Marajó/ Belém, de acordo com o quadro de horários (compartilhados)
Traslado Hotel Belém / Aeroporto Belém (privativo)

Passeios

Belém:
- Todos os passeios descritos na programação com ingressos inclusos em Belém no Forte do Castelo, Museu do Encontro e Theatro da Paz; e taxas de visitas às fazendas no Marajó.
- Passeio Comunidades Tradicionais com lanche regional na comunidade (Privativo)
- Acompanhamento de guia

Marajó | Serviços compartilhados:
- Todos os passeios descritos na programação.
- Taxas de visitas às fazendas no Marajó.
- Acompanhamento de condutor local, durante as atividades.

Seguro Viagem
Assist Card

Não inclui:
- Passagem aérea e taxa de embarque;
- Alimentação, bebidas (exceto água durante as atividades);
- Outros serviços e atividades não mencionados.

SAÍDAS COM DATAS ESPECÍFICAS (às quartas-feiras) - exceto feriados**

Fevereiro: 5, 12, 19, 26 (quarta-feira)
Março: 4, 11, 18, 25 (quarta-feira)
Abril: 1, 8, 15, 22, 29 (quarta-feira)
Maio: 6, 13, 20, 27 (quarta-feira)
Junho: 3, 10, 17, 24 (quarta-feira)
Julho: 1, 8, 15, 22, 29 (quarta-feira)
Agosto: 5, 12, 19, 26 (quarta-feira)
Setembro: 2, 9, 16, 23, 30 (quarta-feira)
Outubro: 14, 21, 28 (quarta-feira)
Novembro: 4, 11, 18, 25 (quarta-feira)
Dezembro: 2, 9, 16 (quarta-feira)

**Datas sujeitas a alteração sem aviso prévio.
 
Notas Importantes
- Valores são válidos para saídas nas datas mencionadas, exceto em Feriados, Natal e Ano Novo. Consulte o calendário acima.
- Os hotéis de Belém não acomodam Triplo, para essa configuração considerar 1 apto single + 1 apto duplo.
- O roteiro poderá ser alterado de acordo com as condições climáticas e/ou por motivos alheios a nossa vontade

Vacina
Apesar de não haver foco de febre amarela, é recomendável a vacinação pelo menos 10 dias antes da viagem.

Forma de pagamento parte terrestre

Parcelamento em cartões de crédito:

Visa ou Mastercard: 40% entrada (depósito bancário ou cheque) + 3 parcelas iguais no cartão
Amex: 40% entrada (depósito bancário ou cheque) + 2 parcelas iguais no cartão
Importante:
- Os cartões de crédito aceitos devem ser de pessoa física e emitidos no Brasil. A primeira parcela do cartão será debitada na data da sua próxima fatura.
- Cartões de crédito emitidos fora do país: o pagamento deverá ser feito à vista, em parcela única.

Parcelamento em cheques:
5 parcelas iguais sem juros (cheques pré-datados)
6 parcelas iguais sem juros* (cheques pré-datados)
* Forma de pagamento especial para fechamento de viagens com antecedência superior a 30 dias do embarque.
Importante:
- Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica.
- Não aceitamos cheques de contas com menos de 6 meses da abertura.