TERRAMUNDI Viagens
+55 11 3060-5821

05
-dias-

- - - A PARTIR DE - - -

USD1.713,00

- - - PRINCIPAIS ATRAÇÕES: - - -

Encante-se com os curiosos contornos das montanhas vermelhas do norte argentino, visite as vinícolas de Cafayate e delicie-se com os tão apreciados vinhos das uvas Torrontés, típicas da região.

Salta e Purmamarca

A região Norte é a Argentina que não se vê nos cartões-postais!

Interesses

  • escapadas Escapadas
  • imersao-cultural Imersão Cultural
  • viagem-a-dois Viagem à dois

Quando ir

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez
Quanto tempo ficar

5 dias/ 4 noites



Vale a pena conhecer

Salta, Molinos, Purmamarca e Cafayate



QUER UMA PROPOSTA SOB MEDIDA?
----------------- OU ------------------
Quer uma Proposta Sob Medida?

Solicite AquiSolicite Aqui

LigarLigar

Invista entre quatro e sete noites no norte da Argentina, talvez parando para curtir Buenos Aires na ida ou na volta. Só a pequena e simpática Cafayate merece umas duas noites, para dar tempo de conhecer paisagens como o desfiladeiro que dá nome à cidade e, claro, degustar os bons Torrontés.

MOTIVOS PARA VIAJAR – Dois tipos de viajantes se apaixonam pela região de Salta: 1) os que gostam de ir aonde pouca gente foi; 2) aqueles que já conheceram outras partes da Argentina, se encantaram e querem se aprofundar nas belas raízes do país.
 

PAISAGEM DA JANELA – O tom de terra vermelha de Salta, Jujuy e região contrasta lindamente com o frequente azul do céu a mais de mil metros de altitude. Além da arquitetura colonial mais bem preservada da Argentina, o lugar ostenta ruínas arqueológicas importantes, inscrições pré-incaicas, salares e cactos gigantescos.
 

NÃO DÁ PRA PERDER A Quebrada de Humahuaca é um vale milenar – e bastante fotogênico – situado na província-irmã de Jujuy. Conhecer as belas pinturas de suas pedras é um programa delicioso, não sem antes passar pelo Cerro de los Siete Colores, pela fortaleza de Pucará de Tilcara e pela colorida montanha La Pollera de la Colla.
 

POR QUE IR AGORA – Sabe aquele prazer de viajar para um lugar que pouca gente conhece? É o que sente quem vai a Salta antes que o turismo de massa a descubra. O lugar preserva sua alma ancestral. Na volta, não espalhe pra muita gente...
 

EXPERIÊNCIAS ÚNICAS – Se há um hotel onde o hóspede vai curtir de perto o silêncio e a beleza da natureza do norte argentino, este é o La Comarca, em Purmamarca, também na província de Jujuy. Fica no alto de uma bela montanha, tem arquitetura típica dos vilarejos andinos e sedia até um festival de música local.
 

OLHAR TERRAMUNDI – Para se desligar do mundo, aceite nossa dica de amigo: cruze a Quebrada do Rio das Conchas e passe uma ou duas noites na paz de Cafayate. O pouso ali vai fazer toda a diferença para você mergulhar, de fato, neste lugar mágico. 

1° Dia - Chegada a Salta e ida a Molinos, visitando o Deserto de Los Colorados e Cachi

Pernoite: Salta

Chegada em Salta e traslado até a pequena cidade de Molinos. Esta rota, é uma das mais espetaculares do noroeste argentino. Atravessa quatro ecossistemas diferentes, passando de uma área de selva verde (Las Yungas) para uma zona semidesértica que caracteriza os vales de Calchaquí. Após 33 km de estrada nas montanhas, chegada a Paso Piedra del Molino a 3.457 metros acima do nível do mar. Durante a viagem, é possível observar o Condor voando sobre o céu azul da montanha, guanacos e burros selvagens entre milhares de Cardones, as espécies locais do gigante cacto. Haverá tempo para passear no deserto de Los Colorados, no Parque Nacional Los Cardones. Em seguida, visita a cidade colonial de Cachi, onde o sol brilha quase o ano todo e onde El Nevado de Cachi se destaca, com mais de 6000 metros de altura. Chegada em Molinos, um vale isolado e com muita história.

2° Dia - Ida de Molinos a Salta, com visita a Quebrada de las Flechas e Quebrada de Las conchas

Pernoite: Salta

Partida de Molinos até Cafayate, pela Rota 40, uma das estradas mais famosas do mundo, que liga a fronteira entre a Argentina e a Bolívia e a Terra do Fogo. Entre Molinos a Cafayate, a estrada é apenas cascalho e terra e passa por pequenas fazendas de camponeses e casas de adobe. No caminho, parada na Quebrada de las Flechas, um deserto de poeira de quartzo misturado com o lodo de um lago antigo, corroído pelo vento dos Andes, dando origem ao surgimento de formas geométricas semelhantes às pontas de flechas. A Quebrada de las Conchas, também declarado patrimônio natural da Humanidade, é um cânion de 65 km de formações rochosas sedimentares das eras Mesozóica e Cenozóica. A característica cor vermelha deriva da presença de óxido férrico em seus depósitos minerais. O nome das conchas é por conta da quantidade abundante de colônias fósseis de conchas, peixes e moluscos, testemunho do clima tropical úmido que dominava a área em tempos remotos.

3° Dia - Ida de Salta a Purmamarca, com visita a Quebrada del Toro, San Antonio de Los Cobres e Salinas Grandes

Pernoite: Pumamarca

O passeio inicia pela Quebrada del Toro, o mesmo por onde passa o trem da rota das Nuvens. Visita a cidade mineira de San Antonio de los Cobres, portão de entrada de Puna. Em seguida, visite as Salinas Grandes, um deserto branco, onde o céu azul cobalto se destaca sobre o branco imaculado das Salinas, em uma planície de sal, com centenas de metros de profundidade. Ao anoitecer, desça a cordilheira oriental através do Paso de Lipán, percorrendo uma ladeira de curvas em direção a Purmamarca.

4° Dia - Ida de Purmamarca para Salta, com visita a Quebrada de Humahuaca

Pernoite: Salta

A Quebrada de Humahuaca é um extenso vale, declarado Patrimônio da Humanidade por sua natureza, história e importância antropológica. A Quebrada, além das pequenas cidades coloniais antigas, possui uma natureza semi-desértica rica em Cardones (cacto nativo) e vários sítios arqueológicos pré-incas, oferece duas maravilhas naturais: a Colina das 7 Cores, famosa por sua série quase infinita de estratos vermelho e marrom, produzida pela oxidação dos abundantes depósitos minerais na região. E o Cerro las Señoritas, no auge do Trópico de Capricórnio, um vale ainda hoje usado pela população local para realizar cerimônias rituais, onde vento e água esculpiram milhares de montanhas de argila de pequenas estátuas que parecem jovens. Por fim, visita a Sierra del Hornocal, um local especial para observar uma das montanhas mais coloridas do mundo.

5° Dia - Saída de Salta

Traslado para o aeroporto e embarque em seu voo de volta.


RESERVE SUA VIAGEM
  • kkala-boutique-hotel

    Kkala Boutique Hotel

    Um hotel que esbanja charme, ao combinar luxo e elegância com toques de extravagância na decoração: as coloridas peças artesanais de Salta foram escolhidas a dedo. Cheios de estilo, cada um dos dez quartos tem decoração especial e nomes de destinos locais.

  • finca-valentina

    Finca Valentina

    Aos pés dos Andes e longe do agito da cidade, é um hotel ao estilo casa de campo, ideal para quem busca uma estadia serena. Decorado com muito bom gosto – entre o clean, o rústico e o refinado –, exibe peças especiais provenientes de diferentes lugares do mundo.

  • la-comarca

    La Comarca

    A localização privilegiada, ao lado das montanhas, é perfeita para se desligar do mundo – tanto que a vista do entorno deixa os viajantes sem palavras. O hotel, construído como uma aldeia andina, não altera o cenário e se confunde com a paisagem estonteante.

Somente parte terrestre

Hospedagem
3 noites com café da manhã em Salta;
1 noite com café da manhã em Purmamarca.

Traslado
Traslados de chegada e saída em serviço regular.

Passeio | serviço regular
Visita ao Deserto de Los Colorados e Cachi;
Visita de dia inteiro em Cafayate;
Visita de dia inteiro em San Antonio de los Cobre e Salinas Grandes;
Visita de dia inteiro em Quebrada de Humahuaca.

Assistência Internacional
Plano ASSIST CARD AC35. Consulte-nos sobre informações e coberturas incluídas.

Nossos diferenciais
⋅ Roteiro desenhado com cuidado por nossa equipe, para você conhecer com tranquilidade os destinos incríveis no país;
⋅ Hotéis escolhidos com cuidado, sempre levando em consideração o melhor custo benefício dentro de cada categoria e localização;
⋅ Parceiro na Argentina especialista, acessível e preparado a prestar qualquer suporte aos viajantes;
⋅ Consultores conhecedores do destino, que já vivenciaram a essência local e estão preparados para desenhar o roteiro ideal para cada viajante.

Não inclui
⋅ Passagem aérea e taxas de embarque;
⋅ Despesas com documentação;
⋅ Despesas pessoais como telefonema, lavanderia e gorjeta;
⋅ Passeios além dos citados neste programa;
⋅ Refeições e bebidas não citados nos itens incluídos;
⋅ Qualquer outro item não mencionado como incluído.

Notas importantes
⋅ Preços não válidos para período de feriados locais, Natal e Ano Novo.
⋅ Os passeios estão sujeitos a condições climáticas.
Formas de pagamento da parte terrestre

Parcelamento em cartões de crédito:
Visa, Mastercard ou Diners: 35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros no cartão
Amex: 40% entrada (depósito bancário) + 4 parcelas iguais sem juros no cartão

Importante:
⋅ Os cartões de crédito aceitos devem ser de pessoa física e emitidos no Brasil. A primeira parcela do cartão será debitada na data da sua próxima fatura.
⋅ Cartões de crédito emitidos fora do país: o pagamento deverá ser feito à vista, em parcela única.

Parcelamento em cheques:
35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados)

Importante:
⋅ Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica.
⋅ Não aceitamos cheques de contas com menos de 6 meses da abertura.

Pagamento à vista: 3% de desconto (depósito bancário)

A cotação do dólar/euro será atualizada ao dia do pagamento do pacote de viagem.