TERRAMUNDI Viagens
+55    11 3060-5823

10
-dias-

- - - A PARTIR DE - - -

USD3.931,00

- - - PRINCIPAIS ATRAÇÕES: - - -

Para se apaixonar pelo Equador com o olhar de Darwin. Depois de Quito e seus monumentos, ilhas bio-diversas com belezas singulares; da mais antiga à caçula das preservadas Galápagos!

quito-e-caminhos-de-darwin-1

Quito e Caminhos de Darwin

Quito e Caminhos de Darwin

Encanto natural

Interesses

  • ao-ar-livre Ao Ar Livre
  • em-familia Em Família
  • vida-selvagem Vida Selvagem

Quando ir

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez
Quanto tempo ficar

10 dias



Vale a pena conhecer

Quito e Ilhas San Cristobal, Espanhola, Santa Cruz, Floreana e Isabela



QUER UMA PROPOSTA SOB MEDIDA?
----------------- OU ------------------
Quer uma Proposta Sob Medida?

Solicite AquiSolicite Aqui

LigarLigar

1° Dia - Quarta-feira | Chegada em Quito

Pernoite: Quito

Chegada em Quito. Um guia estará esperando para acompanhar o traslado até o hotel e à disposição para ajudar no que for necessário. Check-in no hotel e restante do dia livre.


2° Dia - Quinta-feira | Em Quito: City Tour e Metade do Mundo

Pernoite: Quito

O percurso começa na parte central de Quito, onde é possível admirar o Santuário de Guapulo (séc. XVII) e do Caminho de Orellana. O tour continua em direção à cidade antiga, começando na rua mais antiga, La Ronda, onde antigamente moravam músicos, poetas e políticos. Visita a diferentes locais como a “cápsula gastronómica” para conhecer os temperos mais usados pela gastronomia Equatoriana. Depois, uma visita a uma casa especializada na fabricação de produtos com metal e madeira; muitos deles usados para a decoração das igrejas. Parada na casa do sorvete e adiante um local especializado na elaboração do chocolate para conhecer a produção. A caminhada em direção à Praça da Independência guarda os principais edifícios administrativos da cidade. Visita ainda à Catedral (séc. XVI), ao Palácio Presidencial, às igrejas do El Sacrário (séc. XVII), à Companhia de Jesus (séc. XVII) considerada uma das mais belas igrejas barrocas na América do Sul, e à Igreja de São Francisco (séc. XVI). Um ponto alto do passeio (literalmente) é o morro "Panecillo", onde se destacam o monumento à Virgem de Quito ou Virgin "Lergarda" e uma vista maravilhosa de todos os ângulos da cidade!

Localizado a 30 km no norte de Quito está a Metade do Mundo, onde a linha Equatorial divide o hemisfério norte do hemisfério sul. Uma visita à cidade da Metade do Mundo apresenta o maior monumento construído em homenagem à Expedição Cientifica Francesa que determinou a localização da linha equatorial. Para fechar, uma visita ao Museu cultural e cientifico Inti Ñan, localizado no ponto exato por onde passa a linha equatorial. Retorno a Quito.


3° Dia - Sexta-feira | Em Quito: Ida para a Ilha San Cristobal e visita ao Centro de Interpretação e Colina Fragatas

Pernoite: Ilha San Cristobal

Em horário combinado, traslado para o aeroporto de Quito e embarque para a primeira da Ilhas Galápagos –  San Cristóbal. Chegada e traslado para o hotel. 

Pela tarde, é a vez de conhecer o Centro de Interpretação de San Cristobal, aonde uma viagem no tempo apresenta a origem do arquipélago, sua fauna, flora e a história de seus primeiros habitantes. A seguir, uma caminhada de aproximadamente duas horas até a Colina das Fragatas onde se aprecia a vegetação endêmica e a linda vista da ilha e arredores. Porém o atrativo principal por lá é a observação das espécies de fragatas e outras aves que fazem seus ninhos nessa encosta! Para terminar o dia, ida à Bahia das Fragatas, onde o privilégio é nadar, fazer snorkelling e ver lobos marinhos de pertinho.

Retorno ao hotel. Check-in e restante do dia livre.


4° Dia - Sábado | Ilha Espanhola

Pernoite: Ilha San Cristobal

O destino na verdade é um arquipélago que inclui três ilhas: Fernandina, Genovesa e Ilha Espanhola. Esta última localizada no extremo sudeste das ilhas e considerada, junto com a Ilha de San Cristóbal, uma das mais antigas – com aproximadamente quatro milhões de anos! Para chegar à Espanhola, pega-se um barco de San Cristóbal por aproximadamente 2 horas. O clima lá é muito seco, com apenas alguns centímetros de chuva por ano como a maior parte do arquipélago. Devido ao seu isolamento, a Ilha Espanhola tem alta porcentagem de espécies endêmicas. Seu comprimento é de cerca de 60 quilômetros quadrados, e seu pico mais alto é de cerca de 206 metros acima do nível do mar. Há duas paradas essenciais nesta ilha: Punta Suarez e Gardener Bay. 

Em Punta Suarez, a dica é apreciar espécies como albatrozes, (Zapoteos) de patas azuis e Nazca, falcões de Galápagos, além de gaivotas, aves marinhas, pombas de Galápagos, iguanas marinhas, lagartos de lava e leões marinhos. Na Ilha Espanhola, uma formação semelhante ao geyser feita por um túnel através do qual a água cai até o máximo de 20 metros ou mais, o buraco de sopro, é surpreendente. A vista ao longo das falésias também é impressionante. A apenas 30 minutos de barco de Punta Soarez, existe um excelente local para mergulho com águas azuis, tranquilas e transparentes, onde há grande chance de estar face a face com leões marinhos, raias, tubarões brancos e eventualmente tartarugas marinhas e iguanas marinhas curiosas. É possível encontrar mais de 60 espécies diferentes de peixes com uma bela variedade de corais, esponjas e ouriços do mar. Inclui almoço.

5° Dia - Domingo | Em San Cristobal: Ida para Ilha Santa Cruz – Parte Alta

Pernoite: Ilha Santa Cruz

Saída para o píer e embarque em barco pequeno em direção à Ilha Santa Cruz. Esse traslado dura em média 2 horas e meia. Chegando à Ilha Baltra, o destino é a Ilha Santa Cruz. Uma viagem por terrenos altos cujo percurso é um deleite em variedade de fauna, flora e da geologia.
O passeio começa pela costa e segue na direção norte, pela estrada, até Puerto Ayora. Ao longo do caminho, zonas agrícolas e bosques cobertos de névoa. Santa Cruz possui todas as zonas de vida presentes no arquipélago e, uma vez lá, há a grande oportunidade de observar aves maravilhosas: quase todas as aves presentes nas ilhas encontram-se nesse lugar! Há, por exemplo, a Vermilion Flycatcher, conhecida popularmente como "Príncipe", que possui penas de cor vermelho brilhante. Também encontra-se lá um dos fringilídeos de Darwin e quase todas as aves terrestres.

Continuando o tour, uma parada em um rancho para o almoço delicioso. A melhor parte é que é permitido explorar os arredores procurando tartarugas. Descendo pelas áreas agrícolas, passando pela zona de transição, onde está localizada a reserva de tartarugas, pode-se observar a vegetação introduzida nas terras cultiváveis, que substitui a vegetação nativa. Dali, o destino é Puerto Ayora e um privilégio: a tarde livre para aproveitar a ilha.


6° Dia - Segunda-feira | Em Santa Cruz: Ida para Ilha Floreana

Pernoite: Ilha Floreana

Saída para tomar lancha rápida com direção para a Ilha Floreana. Esta ilha tem, possívelmente, a história humana mais interessante de todas as Ilhas Galápagos. Floreana foi a primeira ilha a ser colonizada pelos equatorianos em 1832 e foi uma "colônia penal" (prisão) que não durou muito por causa da falta de água doce. Uma fábrica de embalagem de peixe foi estabelecida ali pelos imigrantes noruegueses em 1924, o que durou apenas alguns anos. Tempo depois, Friedrich Ritter, médico alemão, chegou com sua companheira Dore Strauch, que sofria de esclerose múltipla. Juntos, criaram um jardim bem sucedido e viveram da terra. Uma mulher grávida, Margret Wittmer chegou em 1932, com seu marido Heinz e seu filho Harry: eles construíram uma casa e também estabeleceram um estilo de vida agrícola antes de dar à luz ao seu filho Rolf, a primeira pessoa a nascer em Galápagos. Floreana é a ilha mais conhecida, por ser o local de vários desaparecimentos misteriosos na década de 1930 – aquele que recebeu mais atenção foi a de uma suposta baronesa Austríaca, que chegou pouco depois dos Wittmers com seus três servos. O governo equatoriano concedeu um terreno para construir um hotel de 5 estrelas, perto da agência de correios, o que nunca aconteceu e parece ser uma fraude completa.

Chegando à Floreana, nosso guia dará algum tempo para passear no cais onde é interessante admirar os leões marinhos e as "Iguanas Marinhas vermelhas", encontradas apenas nesta ilha particular; estas duas espécies estão cohabitando naturalmente no entorno do cais. O guia explicará sobre as espécies, seu comportamento e evolução.

Após o check-in, almoço. Depois disso, inicia-se a excursão para "La Loberia", espaço de reprodução do leão marinho: caminha-se facilmente pela margem por aproximadamente 30 minutos, após a explicações e algum tempo para admirar a paisagem. Dali, a primeira excursão marinha na brilhante água turquesa e a chance de nadar com leões marinhos, tartarugas marinhas, raias manta e uma variedade de coloridos peixes de corais. Caminhada de volta para a cidade apreciando as cores típicas de um pôr do sol de Galápagos e retorno para o hotel para relaxar. Jantar no hotel, onde é possível trocar experiências com alguns membros da família original de Wittmer. Após a refeição, final de atividades do dia e acomodação no hotel.


7° Dia - Terça-feira | Em Floreana: parte alta da ilha, caverna dos piratas, centro de criação e Ida para Ilha Isabela

Pernoite: Ilha Isabela

Depois do café da manhã, o guia acompanha o passeio rumo às terras altas da Ilha.

O primeiro destino será o cemitério, com uma rápida explicação sobre o local e as lápides dos wittmers. O segundo destino será "Cerro Alieri",  aproximadamente a 15 minutos a partir do porto e local interessante para aqueles que gostam das plantas de Galápagos e observação de aves. Mais de 48 espécies diferentes foram identificadas ali,  56% das quais são nativas e 33% endêmicas.  Além disso, este é o local de um importante programa de conservação de uma planta  em ameaçada de extinção, Linum cratericola. Acreditava-se extinta até que foi encontrada  por cientistas e os guardas do parque em 1997. O terceiro local a visitar, Asilo da Paz, fica a 45 minutos da cidade: é principalmente um local histórico onde os visitantes podem ver a caverna dos piratas e a fonte de água doce que é a principal fonte de água para a população. Também neste lugar, a família Wittmer passou a viver dentro das cavernas enquanto construíam sua primeira casa feita de couro e pedra.  Nessas cavernas, nasceu "Rolf Wittmer", o primeiro bebê nascido na Ilha Floreana. Ele morava nas cavernas com sua família no seu primeiro ano de vida e o guia contará como era a rotina. Perto, encontra-se um curral com várias tartarugas gigantes que originalmente eram de propriedade de residentes de Floreana. Ao longo deste caminho, também pode-se ver espécies da tartaruga gigante desta ilha, que foram recentemente reintroduzidas, já que foram consideradas extintas.

Retorno para as terras baixas para almoçar e logo embarcar em lancha rápida rumo à Ilha Isabela; passeio de aproximadamente 2h30 min. Chegando à Isabela, a sugestão é relaxar para o resto do dia nas praias intocadas.

8° Dia - Quarta-feira | Em Ilha Isabela: Vulcão Sierra Negra e Chico

Pernoite: Ilha Isabela

Dia dedicado ao Vulcão Sierra Negra, considerado o mais antigo de Isabela. Caminhadas de aproximadamente duas horas por trajeto com uma linda vista: com sorte pode-se avistar o gavião de galápagos.
Dica: conheça as formações rochosas e a geologia do Vulcão Sierra Negra, além de apreciar uma mudança de clima brusca comparada com a costa.
Almoço (box lunch) e pela tarde visita ao Vulcão Chico. Retorno ao hotel.
Tarde livre para aproveitar a maravilhosa areia de coral e as praias de águas turquesa.

9° Dia - Quinta-feira | Em Ilha Isabela: Lagoa dos Flamingos, centro de criação e Ida para Santa Cruz

Pernoite: Santa Cruz

Depois do café da manhã, o guia levará para uma visita à Lagoa dos Flamingos. Caminha-se por 2km aproximadamente, tempo em que acontece uma explicação sobre a vegetação e a geologia desta jovem ilha. Ao chegar, flamingos se alimentam num lago artificial, construído devido a uma escavação que posteriormente foi preenchida por chuvas. Depois, visita ao centro de criação das tartarugas, onde se aprende mais sobre a reprodução e alimentação destes animais Ao final, retorno a Puerto Villamil, para pegar o bote até Santa Cruz.
O restante da tarde é livre para desfrutar de Puerto Ayora.


10° Dia - Sexta-feira | Em Santa Cruz: Centro de criação Charles Darwin. Em seguida, traslado ao aeroporto

Pela manhã, visita à Estação Científica Charles Darwin, que é uma reserva que possui informação sobre os habitantes das ilhas e a conservação local, assim como outras fascinantes informações. A principal atração da estação é o Centro de Criação Fausto Llerena, aonde os visitantes encontram tartarugas de diferentes tamanhos e formas. É possível caminhar livremente por lá e tirar fotos com as tartarugas. Entre outras espécies do centro, iguanas terrestres e marinhas além de diferentes tipos de aves.

Além disso, para aproveitar a visita às Ilhas Galápagos, a sugestão é visitar a estação onde o lendário "Lonesome George" é exibido como a última de suas espécies. Em 2012, após a sua morte, esse exemplar da tartaruga-das-galápagos-de-pinta foi enviado para Nova York para o Museu Americano de História Natural para entrar em um processo de embalsamento para sua conservação. Lonesome George foi exibido no museu por um ano e agora voltou para a estação de pesquisa Charles Darwin.

Depois, o guia fará o traslado para o aeroporto para o vôo de retorno ao continente do Equador. 

Nota: Recomenda-se emitir o voo para Quito a partir das 12h, assim a visita a Estação Charles Darwin será feita de maneira confortável.

RESERVE SUA VIAGEM
  • kaia-handcrafted-lodging

    Kaia Handcrafted Lodging

    Uma autêntica e diferenciada experiência de hospedagem “artesanal” em Quito. Tudo cuidadosamente pensado para uma vivência única, de bebidas exóticas aos serviços oferecidos.

    ✚ Saiba Mais
Somente parte terrestre
 
Hospedagem
2 noites com café da manhã em Quito;
7 noites com café da manhã em Galápagos.

Refeições
Ilha San Cristobal: Almoço (4º dia)
Ilha Santa Cruz: Almoço (5º dia)
Ilha Floreana: Almoço e jantar (6º dia) e Almoço (7º dia)
Ilha Isabela: Box lunch (8º dia)

Traslado | serviço regular 
Traslados Aeroporto / Hotel / Aeroporto em Quito;
Traslado Aeroporto / Hotel na Ilha San Cristóbal;
Traslado Ilha San Cristobal / Hotel na Ilha Santa Cruz (lancha rápida);
Traslado Ilha Santa Cruz / Ilha Floreana (lancha rápida);
Traslado Ilha Floreana / Ilha Isabela (lancha rápida).

Passeio | serviço regular 
Visita à cidade de Quito e monumento "la mitad del mundo";
Visita às terras altas, Centro de Interpretação, Colina Fragatas e Bahia Fragata, na Ilha San Cristóbal;
Visita á Ilha Espanhola: Fernandina, Genovesa e Ilha Espanhola a partir de San Cristobal;
Visita à parte alta da Ilha Santa Cruz;
Snorkeling na Loberia em Ilha Floreana;
Caverna dos Piratas em Ilha Floreana;
Visita ao Vulcão Sierra Negra e Chico e Lagos dos Flamingos na Ilha Isabela;
Visita ao Centro de Criação Charles Dawin na Ilha Santa Cruz.

Assistência Internacional
Plano ASSIST CARD AC35. Consulte-nos sobre informações e coberturas incluídas.

Nossos diferenciais
⋅ Roteiro desenhado com cuidado por nossa equipe, para você conhecer com tranquilidade os destinos incríveis no país;
⋅ Hotéis escolhidos com cuidado, sempre levando em consideração o melhor custo benefício dentro de cada categoria e localização central;
⋅ Parceiro no Equador especialista, acessível e preparado a prestar qualquer suporte aos viajantes;
⋅ Consultores conhecedores do destino, que já vivenciaram a essência local e estão preparados para desenhar o roteiro ideal para cada viajante.

Não inclui
⋅ Imposto de remessa ao exterior (IRRF) de 6,38%;
⋅ Passagem aérea e taxas de embarque;
⋅ Despesas com documentação;
⋅ Despesas pessoais como telefonema, lavanderia e gorjeta;
⋅ Passeios além dos citados neste programa;
⋅ Refeições e bebidas não citados nos itens incluídos;
⋅ Taxa de entrada ao Parque Nacional Cotopaxi;
⋅ Qualquer outro item não mencionado como incluído.

Notas importantes
⋅ Os passeios estão sujeitos a condições climáticas.
⋅ Preços não válidos para período de feriados locais, Natal e Ano Novo.
⋅ Saídas às quartas-feiras. O roteiro em Galápagos começa todas às sextas-feiras. 
⋅ A partir de setembro de 2017, se torna obrigatório a todo turista que ingressar no Equador portar seguro viagem internacional com assistência médica.

Taxas a serem pagas localmente
⋅ Imposto municipal de Quito (US$ 2,75 por quarto / por noite)
⋅ Ingresso ao Parque Nacional Galápagos (US$ 50 para passaporte do Mercosul e US$100 para os demais)
⋅ Cartão de Controle de Trânsito em Galápagos (US$ 20 pago em espécie na saída de Quito)
Formas de pagamento da parte terrestre

Parcelamento em cartões de crédito:
Visa, Mastercard ou Diners: 35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros no cartão
Amex: 40% entrada (depósito bancário) + 4 parcelas iguais sem juros no cartão

Importante:
- Os cartões de crédito aceitos devem ser de pessoa física e emitidos no Brasil. A primeira parcela do cartão será debitada na data da sua próxima fatura.
- Cartões de crédito emitidos fora do país: o pagamento deverá ser feito à vista, em parcela única.

Parcelamento em cheques: 
35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados) 
35% entrada (depósito bancário) + 7 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados) *

* Forma de pagamento especial para fechamento de viagens com antecedência superior a 30 dias do embarque.

Importante:
- Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica.
- Não aceitamos cheques de contas com menos de 6 meses da abertura.

Pagamento à vista: 4% de desconto (depósito bancário)

*A cotação do dólar/euro será atualizada ao dia do pagamento do pacote de viagem.