Scroll to top

Turismo Responsável na África


terramundi - 11 de março de 2019 - 0 comments

Hoje você vai saber mais sobre como funciona o turismo responsável na África. Confira as mudanças históricas e prepare-se para conhecer a região!

O turismo como instrumento de orientação, sensibilização e preservação de Patrimônios Culturais

Ao longo dos anos, apesar dos consideráveis esforços para proteger os tesouros naturais das savanas africanas, a degradação é crescente. As espécies estão sendo levadas à beira da extinção através da caça furtiva e os habitats diminuindo por conta da mineração.

Felizmente muitas instituições privadas voltadas ao turismo assumiram o papel de guardiões ambientais e através de iniciativas e projetos envolvem comunidade, governo e setor privado para fazer a diferença na preservação da vida selvagem da África.

Os primeiros a levantar a bandeira do turismo de conservação

Uma organização conservacionista que usa o turismo como ferramenta para sustentar programas de conservação considera fundamental que as atividades turísticas sejam feitas sem qualquer influência negativa sobre a terra e acredita que experiências de turismo de alta qualidade e ambientalmente corretas despertam à vontade dos viajantes de se engajarem na luta pela preservação.

 

Turismo responsável na África

“Não fazemos conservação por triagem, matando alguns para salvar o resto – essa é uma maneira derrotista e desrespeitosa de interagir com a natureza.”

Conheça a Great Plains Foundation, que tem como base a proteção de três espécies africanas que sem as quais, os ecossistemas africanos entrariam em colapso: rinoceronte, leão e elefante.

Sustentabilidade e trabalhos educacionais

A construção dos primeiros acampamentos semipermanentes e de baixo impacto ambiental da empresa foi no Delta do Okavango, em 1985. Objetivo: garantir a conservação da vida selvagem e geração de renda para comunidades locais.

De lá pra cá, são mais de trinta anos aprimorando a qualidade dos safáris, lodges e serviços, sem perder o foco na sustentabilidade – inúmeras iniciativas de sucesso já foram realizadas nos países da África Oriental e Meridional visando reabilitação de fauna e flora africana e trabalhos educacionais promovidos pelas organizações sem fins lucrativos Wilderness Wildlife Trust e Children in the Wilderness.

 

Turismo responsável na África

 

Capacitando as comunidades

Há 25 anos, a Fundação África em parceria com o selo de propriedades de luxo &Beyond sustentam o tema de que para que a vida selvagem prospere as comunidades locais precisam estar engajadas com a conservação mas para isso, precisam de infraestrutura básica.

O trabalho da Fundação África concentra-se em quatro áreas chaves de desenvolvimento:

  • educação;
  • saneamento ambiental;
  • desenvolvimento comercial;
  • meio ambiente e conservação.

Treinamento e recursos são fornecidos para que a implementação dos projetos seja feita e continuada de forma autossustentável.

 

Turismo responsável na África

 

A atividade de turística – quando responsável – é uma importante ferramenta para a conservação ambiental e atua como instrumento de orientação, sensibilização e preservação de Patrimônios Culturais, sendo eles materiais, imateriais, vivos e naturais. É obrigação de todos nós preservar, transmitir respeito e deixar o legado às futuras gerações.

Conheça a África

Viste a África com a TERRAMUNDI e viva as experiências mais marcantes da sua vida! Prepare-se com quem entende de turismo responsável.

Posts Relacionados