Scroll to top

Oportunidade Para as Mulheres do Zimbábue


terramundi - 10 de maio de 2019 - 0 comments

Preparamos um conteúdo que vai ajudar você a conhecer a oportunidade para as mulheres do Zimbábue, empoderando as nativas da região e confiando a elas atividades que podem mudar o futuro do país.

Akashinga, as bravas

Uma unidade Anti-Caça Furtiva – só de mulheres — foi criada no Zimbábue visando aumentar a fiscalização de caçadores nos parques e capacitar as mulheres desfavorecidas do país.

Conhecido como Akashinga, o grupo é formado por 39 mulheres recrutadas pelo Anti-Poaching Foundation – organização mundial anti-caça furtiva desde sua criação, em 2017, o grupo já fez 75 prisões.

 

Mulheres do Zimbábue - Akashinga

 

Um feito inegável para o empoderamento feminino no país   

Com esta iniciativa da Organização International Anti-Poaching Foundation,  muitas mulheres — antes, desfavorecidas — conquistaram posições de poder em suas comunidades.

 

Mulheres do Zimbábue - Akashinga

 

Embora treinadas para lidar com qualquer situação que possam enfrentar, a equipe tem como foco desenvolver a população local e ética de conservação. Estudos apontam que uma mulher assalariada na África rural investe até três vezes mais do que um homem em sua família. Sendo assim, 70% dos custos operacionais do grupo voltam diretamente para a comunidade local – transformando a conservação da biodiversidade em um projeto comunitário.

Para mais informações: akashinga@iapf.org
www.iapf.org/akashing/
Imagens: International Anti-Poaching Foudantion

Conheça o Zimbábue com a TERRAMUNDI

Aproveite para conhecer este destino e desbravar mais um local do mundo, aprendendo mais sobre cultura e vendo de perto o empoderamento das mulheres.

Conte com a TERRAMUNDI para planejar sua viagem e viva experiências inesquecíveis! Aproveite e veja também como fazer um turismo responsável na África!

Posts Relacionados