Scroll to top

Cerimônia do Café: o ritual etíope de preparo e degustação da bebida


terramundi - 2 de janeiro de 2018 - 0 comments

Saborear um bom café na Etiópia vai muito além de degustá-lo. Assistir ao ritual de preparação da bebida é uma daquelas experiências que por si só já valem a viagem. Na Cerimônia do Café, os grãos são selecionados, lavados, torrados em fogo a lenha e moídos na hora, utilizando utensílios e processos ancestrais.

 

Em um ambiente decorado com folhas e perfumado com incenso, todos se sentam ao redor de um tipo de altar contendo os instrumentos usados na cerimônia. Vestida com trajes típicos, a senhora do café é a responsável pela preparação da bebida, já que apenas mulheres podem realizar o ritual.

 

roupas-tipicas-na-cerimonia-do cafe

Uso de roupas típicas durante a cerimônia do café

 

O perfume resultante da torra do café se mistura ao incenso e preenche o ambiente, trazendo uma sensação de paz e felicidade e criando uma conexão entre todos que estão ali. “Na rua, por exemplo, você para, senta e no fim já está conversando com todos ao seu redor, é algo muito interessante, relembra Ana Regina, nossa coordenadora do Grupo Especial TERRAMUNDI “Etiópia e suas tribos”.

 

A Cerimônia do Café termina quando os participantes tomam a terceira xícara, que é a mais importante. O café é servido com folhas de arruda e pipoca, elementos que junto ao cheiro do incenso estimulam as papilas gustativas e tornam o sabor da iguaria etíope insuperável.

Onde viver essa experiência?

O ritual do café é um evento cotidiano para os etíopes. Praticamente todo restaurante, hotel, pousada e, principalmente, casas possuem um pequeno estande que abriga os itens necessários para a produção da bebida. “Em barraquinhas na rua, você encontra meninas que preparam o café. Em qualquer lugar, o café é uma delícia, conta Ana Regina.

 

cafe-etiope

O café etíope possui um sabor incomparável!

Café Etíope

Mesmo sem todo o rito social da Cerimônia do Café, saborear a bebida proporciona um momento único e prazeroso. “O café etíope é o melhor do mundo. Eu gosto muito de café e já provei sabores do mundo todo!”, revela Ana Regina.

 

Ponto de disputa e discórdia entre Etiópia e Iêmen, o título de país natal do café é um dos orgulhos do povo etíope. Ele teria surgido nas montanhas da Abissínia durante o Império que existiu ali entre os séculos XII e XIX e ocupou a área onde hoje está o país. As lendas contam que monges árabes teriam decidido experimentar o grão após perceberem que as cabras ficavam excitadas e não conseguiam dormir quando comiam a frutinha vermelha.

 

Uma coisa é certa, as ocasiões em que você estiver saboreando o café trarão umas das melhores lembranças da sua viagem para a Etiópia.

SalvarSalvar

Posts Relacionados