TERRAMUNDI Viagens
+55    11 3060-5823

12
-dias-

- - - A PARTIR DE - - -

USD11.266,00

- - - PRINCIPAIS ATRAÇÕES: - - -

O clássico safári nas savanas do Parque Nacional Kruger e nas reservas privadas do seu entorno (onde é possível chegar mais perto dos bichos) e no Deserto de Kalahari, com animais que só existem ali.

Safári na África do Sul e Deserto de Kalahari

Safári na África do Sul e Deserto de Kalahari

O clássico safári nas savanas da região do Kruger e os cenários singulares do deserto de Kalahari

Interesses

  • ao-ar-livre Ao Ar Livre
  • em-familia Em Família
  • vida-selvagem Vida Selvagem

Quando ir

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez
Quanto tempo ficar

7 a 10 dias



Vale a pena conhecer

Reserva de Sabi Sands, Deserto do Kalahari e Cape Town



QUER UMA PROPOSTA SOB MEDIDA?
----------------- OU ------------------
Quer uma Proposta Sob Medida?

Solicite AquiSolicite Aqui

LigarLigar

Para uma viagem na África do Sul, o período de uma a duas semanas é ideal para aproveitar não só o Deserto de Kalahari (recomendamos ao menos quatro dias) como também outro safári em uma área verde da região do Parque Nacional Kruger (pense em dois ou três dias ali). A Cidade do Cabo merece, no mínimo, de dois a três dias inteiros.

MOTIVOS PARA VIAJAR – É o pacote completo: tem o clássico safári nas savanas do Parque Nacional Kruger, nas reservas privadas do seu entorno (onde é possível chegar mais perto dos bichos) e no Deserto de Kalahari, com animais que só existem ali. E dá para conjugar com tudo isso uma experiência na doce urbanidade da Cidade do Cabo.


PAISAGEM DA JANELA – De dentro dos 4x4 – e até de alguns lodges – dá para ver leões, elefantes, girafas, hipopótamos... No Deserto de Kalahari, a paisagem se avermelha com o cenário dos areais, e a escassez do verde da savana facilita a observação dos animais mais raros, como os rinocerontes-negros e os suricatos.


NÃO DÁ PRA PERDER – Nem sonhe sair do Deserto de Kalahari sem contemplar estrelas em um dos telescópios dos lodges de Tswalu ou sem jantar ao ar livre no deserto. Perto da Cidade do Cabo, o piquenique no Cabo da Boa Esperança é sensacional. A rota vinícola também encanta os amantes do vinho e da boa mesa de todo o mundo.


POR QUE IR AGORA Clássico destino do primeiro safári de muita gente, a África do Sul não se resume a um éden da vida selvagem. O cosmopolitismo da Cidade do Cabo faz dela hoje uma das metrópoles com a melhor cena urbana do mundo.


EXPERIÊNCIAS ÚNICAS – Saia para o safári bem cedo para curtir o nascer do sol quando os animais estão despertando. Você vai se sentir a pessoa mais privilegiada em um lugar tão vasto sem ninguém por perto. E não tenha pressa para voltar – aliás, que tal tomar o café da manhã ao melhor estilo piquenique-gourmet em pleno Deserto de Kalahari? À noite, não deixe de apreciar o céu incrivelmente estrelado.


OLHAR TERRAMUNDI – Viva a Cidade do Cabo como um nativo, pedalando pelo bairro de Bo Kaap e perto da casa de Mandela ou pela cênica estrada de Chapman’s Peak. Outro jeito original de curtir a rodovia é nos divertidos “sidecars” alugados. O pôr do sol da Table Mountain é imperdível (suba ali de teleférico ou a pé pela trilha).

1° Dia - Ida para Johannesburg

Pernoite: A bordo

Embarque com destino a Johannesburg. Por conta do longo voo, você passará a noite a bordo e chegará a África do Sul no dia seguinte.


2° Dia - Chegada a Johannesburg

Pernoite: Johannesburg

Chegada, recepção e traslado para o hotel.
Uma das cidades mais ímpares da África do Sul, Johannesburg – ou Jozi, exala vida em seus labirintos de extensos corredores ocupados por lojas, cafés e restaurantes. 


3° Dia - Ida de Johannesburg para uma reserva privada na área do Parque Nacional Kruger (voo)

Pernoite: Chitwa Chitwa Lodge

Traslado ao aeroporto e embarque para a reserva privada de safári na região do Parque Nacional Kruger. Chegada e traslado para o lodge.
À tarde, saída para o primeiro safári fotográfico em 4x4. Uma parada para apreciar o pôr do sol e tomar um bom vinho sul-africano dará um toque especial ao seu dia.

4° Dia - Na área do Parque Nacional Kruger: mais um dia de safáris fotográficos

Pernoite: Chitwa Chitwa Lodge

O dia começa bem cedo, com saída para o primeiro safári por volta das 6h da manhã, quando a vida na savana africana desperta. Retorno ao lodge para tomar o café da manhã e tempo livre para curtir suas instalações. No fim da tarde, saída para mais um safári fotográfico. 

5° Dia - Safári matutino e ida da área do Parque Nacional Kruger para Johannesburg (voo)

Pernoite: Johannesburg

Prepare-se para se despedir fazendo os últimos cliques durante o safári que sai pela manhã.
Traslado desde o lodge para o aeroporto e embarque com destino a Johannesburg. Chegada e traslado ao hotel.
Aproveite o restante do tempo livre para descansar.


6° Dia - Ida de Johannesburg para o Deserto de Kalahari (voo)

Pernoite: Tswalu Kalahari

Traslados ao aeroporto e embarque com destino a Tswalu.

Tswalu Kalahari é a maior reserva privada da África do Sul, cobrindo uma área de mais de 100.000 hectares. De propriedade da família Oppenheimer, leva a conservação como prioridade absoluta.


7° Dia - No Deserto de Kalahari: dia livre

Pernoite: Tswalu Kalahari

O lodge Tswalu Kalahari dispõe de uma programação diária que inclui atividades guiadas. Você pode optar, por exemplo, por levantar cedo para um emocionante safári e ter a chance de ver muitas espécies antes de se esconderem do sol. Em outro momento, curta seu tempo observando as colônias de suricatos.


8° Dia - No Deserto de Kalahari: dia livre

Pernoite: Tswalu Kalahari

Mais um dia livre para escolher a atividade que mais te agrada dentre as opções oferecidas pelo lodge.

9° Dia - Ida do Deserto de Kalahari para Cape Town (voo)

Pernoite: Cape Town

Embarque com destino a Cape Town.
Chegada, recepção e traslado para o hotel.
Aproveite o tempo livre para se ambientar nessa cidade rica em cultura, onde é impossível não se deparar com autênticos artistas de rua se apresentando nas calçadas.


10° Dia - Em Cape Town: passeio em sidecar

Pernoite: Cape Town

Uma experiência que leva você a explorar a cidade de uma perspectiva diferente!
Apreciar a bela paisagem costeira e depois conhecer a região vinícola de Constantia são alguns dos destaques desse dia.


11° Dia - Em Cape Town: dia livre

Pernoite: Cape Town

Dia livre para desfrutar um pouco mais essa charmosa cidade.

12° Dia - Saída de Cape Town

Traslado ao aeroporto e embarque no voo de volta para o Brasil. 

RESERVE SUA VIAGEM
  • tswalu

    Tswalu

    Integrante da rede Relais & Châteaux, o Tswalu está em uma reserva particular e encanta pela exclusividade e flexibilidade de serviços: é possível tomar café da manhã na cama, receber massagem no deque do quarto com vista para o deserto e até fazer safári a cavalo.

Passagem aérea apenas nos trechos internos
Bilhete aéreo em classe econômica nos trechos Johannesburg / Sabi Sands / Johannesburg, voando Federal Air.
Bilhete aéreo em classe econômica nos trechos Johannesburg / Tswalu / Cape Town, em voo charter.
Franquia de bagagem de até 20kg.

Hospedagem
2 noites com café da manhã em Johannesburg;
2 noites com pensão completa no lodge da reserva privada na área do Parque Nacional Kruger;
3 noites com pensão completa e bebidas no lodge do deserto de Kalahari;
3 noites com café da manhã em Cape Town.

Traslado
Traslados de chegada e saída em veículo privativo com assistência em inglês em Johannesburg e Cape Town;
Traslados de chegada e saída em serviço regular com assistência em inglês na área do Kruger e Deserto de Kalahari.

Passeio
Visita de meio dia em Cape Town de sidecar em serviço privativo com guia local em inglês;
Safáris fotográficos com guia local em inglês compartilhados com outros hóspedes do lodge na área do Kruger;
Diversas atividades compartilhadas, oferecidas pelo lodge no Deserto de Kalahari.

Assistência na chegada ao aeroporto de Johannesburg
Recepção na saída do avião por um representante local (idioma inglês) que o auxiliará nos trâmites de imigração até a transferência para o voo de conexão.

Assistência Internacional
Plano ASSIST CARD. Consulte-nos sobre informações e coberturas incluídas. 

Não inclui
⋅ Imposto de remessa ao exterior (IRRF) de 6,38%;
⋅ Passagem aérea desde o Brasil e taxas de embarque;
⋅ Despesas com documentação;
⋅ Despesas pessoais como telefonema, lavanderia e gorjeta;
⋅ Passeios além dos citados neste programa;
⋅ Refeições e bebidas não citados nos itens incluídos;
⋅ Qualquer outro item não mencionado como incluído.

Notas importantes
⋅ Preços não válidos para período de feriados locais, Natal e Ano Novo.
⋅ A Table Mountain fecha todos os anos para manutenção entre os meses de julho e agosto. Consulte-nos sobre as datas.
⋅ Tswalu Kalahari: The Motse estará fechado entre 16 de Janeiro a 18 de Junho de 2019 para reforma.

CRISE DE ÁGUA EM CAPE TOWN
Atualmente, Cape Town passa pela pior seca dos últimos 100 anos e suas represas estão com volume muito baixo de água disponível. A partir de fevereiro de 2018, a charmosa cidade sul-africana atingirá o nível 6B de restrições do uso de água, resultando na limitação de 50L por pessoa a cada dia. Estima-se também que em abril de 2018 os reservatórios atinjam o limite da sua capacidade, o que restringirá ainda mais o fornecimento de água, cuja prioridade de distribuição será para hospitais e outros serviços essenciais.

Os hotéis da cidade implementaram ações para reduzir o uso de água, tais como:

- Remoção das tampas das banheiras na esperança de que os hóspedes tomem banhos mais curtos;
- Instalação de redutores de pressão e temporizadores de água nos chuveiros e torneiras;
- Os hóspedes são encorajados a reutilizar suas toalhas (e não trocá-las todos os dias);
- A substituição das roupas de camas acontecerá com maior intervalo no período da hospedagem;
- As piscinas funcionarão em horários restritos (para evitar a perda de água através da evaporação e ventos fortes) ou permanecerão fechadas até que a situação volte ao normal;
- Utilização de água não potável para limpeza e irrigação, quando possível.

Recomendamos que você avalie o cenário e viaje consciente sobre a situação hídrica atual em Cape Town.

Formas de pagamento da parte terrestre

Parcelamento em cartões de crédito:
Visa, Mastercard ou Diners: 35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros no cartão
Amex: 40% entrada (depósito bancário) + 4 parcelas iguais sem juros no cartão

Importante:
- Os cartões de crédito aceitos devem ser de pessoa física e emitidos no Brasil. A primeira parcela do cartão será debitada na data da sua próxima fatura.
- Cartões de crédito emitidos fora do país: o pagamento deverá ser feito à vista, em parcela única.

Parcelamento em cheques: 
35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados) 
35% entrada (depósito bancário) + 7 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados) *

* Forma de pagamento especial para fechamento de viagens com antecedência superior a 30 dias do embarque.

Importante:
- Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica.
- Não aceitamos cheques de contas com menos de 6 meses da abertura.

 Pagamento à vista: 4% de desconto (depósito bancário)

 *A cotação do dólar/euro será atualizada ao dia do pagamento do pacote de viagem.