TERRAMUNDI Viagens
+55    11 3060-5823

11
-dias-

- - - A PARTIR DE - - -

USD2.547,00

- - - PRINCIPAIS ATRAÇÕES: - - -

Mescla a vida selvagem terrestre da região do Kruger, na África do Sul, com um safári de barco entre animais do Atlântico e as dunas avermelhadas do Deserto do Namibe, na Namíbia.

Namíbia e Cape Town

Namíbia e Cape Town

Para ver a paleta de cores do deserto e a vida selvagem africana

Interesses

  • ao-ar-livre Ao Ar Livre
  • em-familia Em Família
  • viagens-em-grupo Viagens em Grupo
  • vida-selvagem Vida Selvagem

Quando ir

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez
Quanto tempo ficar

10 a 15 dias



Vale a pena conhecer

Cape Town, região do Parque Nacional Kruger, Swakopmund e Sossusvlei



QUER UMA PROPOSTA SOB MEDIDA?
----------------- OU ------------------
Quer uma Proposta Sob Medida?

Solicite AquiSolicite Aqui

LigarLigar

Em uma viagem para a África do Sul, planeje-se para viajar de 10 a 12 dias. Como há voos do Brasil que pousam em Johannesburgo, recomendamos começar explorando a África do Sul: dois dias de safári no Parque Nacional Kruger e ao menos três na Cidade do Cabo, uma das metrópoles mais bonitas do mundo, embelezada pela Table Mountain e perto do mar. A imersão na Namíbia tem início em Swakopmund, vizinha à bela Baía de Walvis, palco de safáris aquáticos incríveis. Depois de dois dias ali, vale a pena investir ao menos outros dois entre as dunas avermelhadas de Sossusvlei.

MOTIVOS PARA VIAJAR – Está aí um combinado que reúne o melhor desses dois países do sul do continente. Feito sob medida para amantes da natureza, mescla a vida selvagem terrestre da região do Parque Nacional Kruger, na África do Sul, com um safári de barco entre animais aquáticos do Atlântico e as dunas avermelhadas do Deserto do Namibe, na Namíbia. Para completar, a urbanidade cheia de qualidade de vida da Cidade do Cabo e a herança alemã evidente nas casas e na cultura de Swakopmund.


PAISAGEM DA JANELA É sensacional curtir de jipe as savanas na região do Parque Kruger, com leões, rinocerontes, leopardos, elefantes e búfalos, entre outros. O encontro da montanha com as águas embeleza a Cidade do Cabo. Na Namíbia, flamingos, golfinhos e leões-marinhos colorem a Baía de Walvis; a arquitetura de Swakopmund não esconde as raízes alemãs; e, no Deserto do Namibe, os belos tons avermelhados dão um show.


NÃO DÁ PRA PERDER O safári fotográfico no Parque Nacional Kruger e adjacências é um clássico quase obrigatório. E não deixe de visitar Swakopmund, cidade de influência alemã, com suas casas em estilo colonial à beira-mar. Destino de férias e capital dos esportes radicais na Namíbia, ela é uma das bases para curtir a bela Baía de Walvis.


POR QUE IR AGORA – Quem viaja pela Namíbia hoje tem aquela sensação boa dos desbravadores de lugares inexplorados. E a moderna África do Sul conjuga os safáris mais clássicos do planeta com a contemporaneidade da Cidade do Cabo, onde a gastronomia e as cenas cultural e artística são vibrantes, como no bairro de Woodstock. Para constatar que o Apartheid é coisa do passado, vale a pena navegar até Robben Island para conhecer a cela onde Nelson Mandela permaneceu preso por 18 anos.


EXPERIÊNCIA ÚNICA – Sobrevoar de avioneta as dunas de Sossusvlei e a Costa dos Esqueletos, trecho da orla onde as dunas do Deserto do Namibe encontram o Oceano Atlântico, é um daqueles prazeres que ficam gravados para sempre na memória. Em Swakopmund começa o sobrevoo que permite observar na beira-mar as carcaças dos enormes navios que naufragaram naqueles mares bravos – assim como as muitas ossadas de baleias e focas que ali encalharam e que dão nome ao litoral.


OLHAR TERRAMUNDI – Desejo de fotógrafos e cinegrafistas, as paisagens desérticas da Namíbia induzem a um delírio visual. Equipe-se bem com cartões e baterias extras, lembre-se de proteger a câmera contra o vento constante e se entregue ao prazer de escalar as toneladas de areia avermelhada amontoadas em Sossusvlei. São mais de 80 quilômetros de dunas que terminam no mar. No vizinho Deadvlei, os galhos escuros das acácias ressecadas contrastam com a areia colorida e o azul do céu.

1° Dia - Ida para Johannesburg

Pernoite: A bordo

Embarque com destino a Johannesburg. Por conta do longo voo, você passará a noite a bordo e chegará a África do Sul no dia seguinte.

2° Dia - Chegada a Johannesburg e embarque para uma Reserva Privada na região do Kruger (voo)

Pernoite: Reserva Privada na região do Kruger

Após trâmites de imigração em Johannesburg, embarque em voo de conexão com destino à reserva privada de safári na região do Parque Nacional Kruger. Chegada e traslado para o lodge.

À tarde, saída para o primeiro safári fotográfico em 4x4. Uma parada para apreciar o pôr do sol e tomar um bom vinho sul-africano dará um toque especial ao seu dia.

3° Dia - Na região do Kruger: mais um dia de safáris fotográficos

Pernoite: Reserva Privada na região do Kruger

O dia começa bem cedo, com saída para o primeiro safári por volta das 6h da manhã, quando a vida na savana africana desperta. Retorno ao lodge para tomar o café da manhã e tempo livre para curtir suas instalações. No fim da tarde, saída para mais um safári fotográfico.

4° Dia - Safári matutino e ida da região do Kruger para Cape Town (voo)

Pernoite: Cape Town

Prepare-se para se despedir fazendo os últimos cliques durante o safári que sai pela manhã.
Traslado desde o lodge para o aeroporto e embarque com destino a Cape Town. Chegada, recepção e traslado para o hotel.
Aproveite o tempo livre para se ambientar nessa cidade rica em cultura, onde é impossível não se deparar com autênticos artistas de rua se apresentando nas calçadas.

5° Dia - Em Cape Town: encontro com o anfitrião TERRAMUNDI

Pernoite: Cape Town

Em horário combinado, encontro com nosso anfitrião para um bate-papo de aproximadamente duas horas.   
Nossos anfitriões ao redor do mundo estão aptos a dar dicas para que você aproveite o melhor da cidade em que está. São pessoas envolvidas com o dia-a-dia da cidade (agenda cultural, restaurantes, cafés, galerias de arte, passeios e etc) e que, certamente, farão diferença em sua experiência de viagem.
É simples! Você nos conta antecipadamente quais são os seus principais interesses e, junto com o anfitrião, elaboramos sugestões personalizadas de lugares e atrações bacanas para visitar.

6° Dia - Em Cape Town: dia livre

Pernoite: Cape Town

Dia livre para explorar a cidade ao seu ritmo.

7° Dia - Sexta-feira | Ida de Cape Town para Walvis Bay, na Namíbia (voo) e então, traslado para Swakopmund

Pernoite: Swakopmund

Traslado ao aeroporto e embarque com desitno a Walvis Bay, na Namíbia. Chegada, recepção e traslado para o hotel em Swakopmund. Restante do dia livre para curtir essa pequena cidade de influência alemã, que é muito convidativa para passeios à beira-mar e entre casas de estilo colonial.

8° Dia - Sábado | Em Swakopmund: cruzeiro pela Baía de Walvis e, então, traslado para Deserto do Namibe (terrestre – aprox. 4h de viagem, excluindo paradas)

Pernoite: Deserto do Namibe

Pela manhã, passeio de catamarã para explorar a Baía de Walvis, onde é possivel observar golfinhos e leões marinhos. Aproveite para saborear petiscos e espumante servidos a bordo.
Mais tarde, partida rumo a região de Sossusvlei, o famoso Deserto do Namibe. Jantar e acomodação no lodge.

Nota: passeio de barco sujeito a condições climáticas.


9° Dia - Domingo | Em Deserto do Namibe: visita às dunas de Sossusvlei, Deadvlei e Cânion de Sesriem

Pernoite: Deserto do Namibe

Logo pela manhã, saída para visitar as impressionantes dunas de Sossusvlei, que podem atingir 300 metros de altura ou mais. Dependendo da hora do dia, as dunas vão proporcionar um verdadeiro show de cores e luzes.
Depois, passeio em 4x4 até Deadvlei para admirar o cenário surreal.
Mais tarde, visita ao Cânion de Sesriem, com um estreito desfiladeiro de cerca de 1 km de comprimento e piscinas naturais que enchem na época das chuvas. Almoço incluído na região de Sesriem.
Jantar e acomodação no lodge.


10° Dia - Segunda-feira | Ida do Deserto do Namibe para Windhoek (terrestre – aprox. 4h), e embarque para Johannesburg (voo)

Pernoite: Johannesburg

Cedo pela manhã, viagem de retorno a Windhoek. Chegada ao aeroporto e embarque com destino a Johannesburg. Chegada e traslado ao hotel.

Nota: O voo de saída de Windhoek deve ser após às 14h00.


11° Dia - Saída de Johannesburg

Traslado ao aeroporto e embarque no voo de volta para o Brasil.

RESERVE SUA VIAGEM
Somente parte terrestre

Hospedagem
2 noites com pensão completa no lodge da Reserva Privada na região do Kruger;
3 noites com café da manhã em Cape Town;
1 noite com café da manhã em Swakopmund;
2 noites com meia pensão no Deserto do Namibe;
1 noite com café da manhã em Johannesburg.

Extra
1 almoço na região de Sesriem.

Traslado
ÁFRICA DO SUL
Traslados de chegada e saída em serviço regular com assistência em inglês na região do Kruger;
Traslados de chegada e saída em veículo privativo com assistência em inglês em Cape Town;
Traslados de chegada e saída em serviço shuttle oferecidos pela rede hoteleira Emperors Palace em Johannesburg.

NAMÍBIA
Traslado de chegada em serviço regular com assistência em inglês em Swakopmund;
Transporte terrestre em veículo 2x4, van ou micro-ônibus compartilhado com o grupo durante o tour na Namíbia.
 
Passeio
ÁFRICA DO SUL
Safáris fotográficos com guia local em inglês compartilhados com outros hóspedes do lodge na região do Kruger.
Taxa de conservação ambiental.

NAMÍBIA
Visitas e safáris compartilhados com outros participantes do grupo com guia local em idioma espanhol.
Taxa de entrada aos Parques Nacionais.
 
Assistência na chegada ao aeroporto de Johannesburg
Recepção na saída do avião por um representante local (idioma inglês) que o auxiliará nos trâmites de imigração até a transferência para o voo de conexão.

Exclusividade
Bate papo com o nosso anfitrião em Cape Town, que irá orientá-lo, de acordo com suas expectativas, a como explorar a cidade do seu jeito.

Assistência Internacional
Plano ASSIST CARD. Consulte-nos sobre informações e coberturas incluídas. 

Não inclui
⋅ Imposto de remessa ao exterior (IRRF) de 6,38%;
⋅ Passagem aérea e taxas de embarque;
⋅ Despesas com documentação;
⋅ Despesas pessoais como telefonema, lavanderia e gorjeta;
⋅ Passeios além dos citados neste programa;
⋅ Refeições e bebidas não citados nos itens incluídos;
⋅ Qualquer outro item não mencionado como incluído.

Início do programa em Swakopmund: às sextas-feiras

2019
05, 12, 19 e 26 de Julho
02, 09, 16, 23 e 30 de Agosto
06, 13, 20 e 27 de Setembro
11 e 25 de Outubro 

Notas importantes
⋅ Viagem em grupo na Namíbia com guia em espanhol.
⋅ As saídas acontecem com mínimo de 2 e máximo de 20 pessoas.
⋅ A Table Mountain fecha todos os anos para manutenção entre os meses de julho e agosto. Consulte-nos sobre as datas.
⋅ Os passeios estão sujeitos a condições climáticas.
⋅ Existem vários aeroportos (Skukuza, Nelspruit ou Hoedspruit) que servem as Reservas Privadas próximas ao Parque Nacional Kruger. O voo deve ser reservado de acordo com a proximidade do lodge escolhido.
⋅ Preços não válidos para período de feriados locais, Natal e Ano Novo. 

CRISE DE ÁGUA EM CAPE TOWN
Atualmente, Cape Town passa pela pior seca dos últimos 100 anos e suas represas estão com volume muito baixo de água disponível. A partir de fevereiro de 2018, a charmosa cidade sul-africana atingirá o nível 6B de restrições do uso de água, resultando na limitação de 50L por pessoa a cada dia. Estima-se também que em abril de 2018 os reservatórios atinjam o limite da sua capacidade, o que restringirá ainda mais o fornecimento de água, cuja prioridade de distribuição será para hospitais e outros serviços essenciais.

Os hotéis da cidade implementaram ações para reduzir o uso de água, tais como:

- Remoção das tampas das banheiras na esperança de que os hóspedes tomem banhos mais curtos;
- Instalação de redutores de pressão e temporizadores de água nos chuveiros e torneiras;
- Os hóspedes são encorajados a reutilizar suas toalhas (e não trocá-las todos os dias);
- A substituição das roupas de camas acontecerá com maior intervalo no período da hospedagem;
- As piscinas funcionarão em horários restritos (para evitar a perda de água através da evaporação e ventos fortes) ou permanecerão fechadas até que a situação volte ao normal;
- Utilização de água não potável para limpeza e irrigação, quando possível.

Recomendamos que você avalie o cenário e viaje consciente sobre a situação hídrica atual em Cape Town.
Formas de pagamento da parte terrestre

Parcelamento em cartões de crédito:
Visa, Mastercard ou Diners: 35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros no cartão
Amex: 40% entrada (depósito bancário) + 4 parcelas iguais sem juros no cartão

Importante:
⋅ Os cartões de crédito aceitos devem ser de pessoa física e emitidos no Brasil. A primeira parcela do cartão será debitada na data da sua próxima fatura.
⋅ Cartões de crédito emitidos fora do país: o pagamento deverá ser feito à vista, em parcela única.

Parcelamento em cheques:
35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados)

Importante:
⋅ Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica.
⋅ Não aceitamos cheques de contas com menos de 6 meses da abertura.

Pagamento à vista: 4% de desconto (depósito bancário)

A cotação do dólar/euro será atualizada ao dia do pagamento do pacote de viagem.