TERRAMUNDI Viagens
+55    11 3060-5823

09
-dias-

- - - A PARTIR DE - - -

USD3.668,00

- - - PRINCIPAIS ATRAÇÕES: - - -

Reúne aventura e contemplação nas sensacionais Victoria Falls, uma das maiores cascatas do planeta. Tem natureza selvagem no Chobe, em Botsuana, e a apaixonante diversidade urbana da Cidade do Cabo.

África do Sul, Safári e Cataratas

África do Sul, Safári e Cataratas

Aventura e contemplação da natureza selvagem na Zâmbia e Botsuana

Interesses

  • em-familia Em Família
  • vida-selvagem Vida Selvagem

Quando ir

  • Jan
  • Fev
  • Mar
  • Abr
  • Mai
  • Jun
  • Jul
  • Ago
  • Set
  • Out
  • Nov
  • Dez
Quanto tempo ficar

7 a 10 dias



Vale a pena conhecer

Victoria Falls, Parque Nacional Chobe e Cape Town



QUER UMA PROPOSTA SOB MEDIDA?
----------------- OU ------------------
Quer uma Proposta Sob Medida?

Solicite AquiSolicite Aqui

LigarLigar

Turismo na África do Sul de sete a dez dias para dar conta do recado. A viagem pode começar nas Victoria Falls. Depois vêm os passeios para explorar a vida selvagem nos parques Mosi-oa-Tunya e Chobe, com hipopótamos, girafas e sua turma. E então chega a hora de curtir a Cidade do Cabo, uma metrópole cosmopolita cercada por atrativos naturais fabulosos.

MOTIVOS PARA VIAJAR Essa sugestão da TERRAMUNDI reúne em uma só viagem o melhor dos mundos. Tem aventura e contemplação nas sensacionais Victoria Falls, uma das maiores cascatas do planeta. Tem natureza selvagem no Chobe, um parque para safári em Botsuana, com hospedagem em acampamento de luxo intimista. E tem a apaixonante diversidade urbana da Cidade do Cabo, na África do Sul, com toda a sua potência natural e cultural.


PAISAGEM DA JANELA São muitas e variadas: o volume e a extensão das Victoria Falls; a bicharada solta do Parque Nacional Chobe, em Botsuana, uma promessa da excitação de encontrar exemplares raros vivendo em harmonia; e, na Cidade do Cabo, a bela paisagem da Table Mountain, as vinícolas nos arredores, as fantásticas estradas à beira-mar.


NÃO DÁ PRA PERDER Na fotogênica Cidade do Cabo, vale a pena alugar um carro e sair dirigindo pela Chapman’s Peak Drive, uma das estradas mais bonitas do mundo – que passa por distritos charmosos da África do Sul, como Fish Hoek e Simon’s Town. Depois da bela Praia de Boulders, com seus muitos pinguins, a paisagem adentra uma cadeia montanhosa, recortada por falésias, que acompanha o maciço da Table Mountain.


POR QUE IR AGORA Como diversos países africanos, o Zimbábue vem saindo de um contexto político e social instável, e começa a abrir ao globo sua terra tão rica e cheia de coisas lindas para mostrar. O lado bom desse panorama é que os visitantes, ainda escassos, são mais do que bem-vindos, adorados e tratados com muito carinho pelos locais.


EXPERIÊNCIAS ÚNICAS – Deixar-se encharcar pelas águas da Victoria Falls. E não perder a chance de tomar um lanche no fim de tarde no The Victoria Falls Hotel. Dizem que nenhuma visita às cataratas pode ser considerada completa sem bebericar o café e se deliciar com bolos e pães frescos apreciando o jardim do hotel e seus animais.


OLHAR TERRAMUNDI – É possível seguir na contramão do turismo convencional e conjugar em uma mesma viagem destinos clássicos, como as Victoria Falls, com lugares exclusivos e pouco explorados. O Parque Nacional Chobe, na tríplice fronteira entre o Zimbábue, a Zâmbia e Botsuana, é um ótimo exemplo: a Bacia de Kalahari, formada pelo Rio Chobe, brilha como um cenário de cinema, com rara beleza e incrível diversidade de fauna e flora.

1° Dia - Ida para Johannesburg

Pernoite: A bordo

Embarque com destino a Johannesburg. Por conta do longo voo, você passará a noite a bordo e chegará a África do Sul no dia seguinte.


2° Dia - Chegada a Johannesburg e embarque para Livingstone, Zâmbia (voo)

Pernoite: Livingstone

Após trâmites de imigração em Johannesburg, embarque em voo de conexão com destino a Livingstone, na Zâmbia. Chegada, recepção e traslado para o lodge. Restante do dia livre.

3° Dia - Em Livingstone: visita ao Parque Nacional Victoria Falls

Pernoite: Livingstone

Pela manhã, prepare-se para se surpreender com as impressionantes quedas d'água das cataratas!
Tarde livre para preencher com atividades à sua escolha.

Nota: Aconselhamos levar um chinelo e uma troca de roupas para o passeio às cataratas. Se não quiser se molhar, use uma capa impermeável. As cataratas estão com maior volume de água de fevereiro a julho.


4° Dia - Ida de Livingstone para região do Chobe, Botsuana (terrestre – aprox. 2h)

Pernoite: Parque Nacional Chobe

Após trâmites de imigração na fronteira, chegada à cidade de Kasane e traslado para o lodge.
À tarde, saída para o primeiro safári em um dos melhores parques africanos para observar a vida selvagem.


5° Dia - Em Chobe: safári no Parque Nacional

Pernoite: Parque Nacional Chobe

Dia dedicado a realizar mais duas experiências de safári, uma pela manhã e outra pela tarde.


6° Dia - Ida de Kasane para Cape Town (voo)

Pernoite: Cape Town

Prepare-se para se despedir fazendo o último safári que sai pela manhã.
Traslado ao aeroporto e embarque com destino a Cape Town. Chegada, recepção e traslado para o hotel.
Aproveite o tempo livre para se ambientar nessa cidade rica em cultura, onde é impossível não se deparar com autênticos artistas de rua se apresentando nas calçadas.

7° Dia - Em Cape Town: dia livre

Pernoite: Cape Town

Dia livre para explorar a cidade ao seu ritmo. 

8° Dia - Em Cape Town: dia livre

Pernoite: Cape Town

Dia livre para curtir um pouco mais essa charmosa cidade.

9° Dia - Saída de Cape Town

Traslado ao aeroporto e embarque no voo de volta para o Brasil. 

RESERVE SUA VIAGEM
  • sanctuary-chobe-chilwero

    Sanctuary Chobe Chilwero

    No coração da savana de Botswana, esse premiado hotel se encontra às margens do Rio Chobe. É uma das melhores opções para quem pretende conhecer o Parque Nacional Chobe – localizado na outra borda do rio – que abriga uma das maiores populações de elefantes do mundo.

  • the-victoria-falls-hotel

    The Victoria Falls Hotel

    É o primeiro e o mais tradicional hotel da cidade, além de ser um dos mais charmosos. Seu vasto jardim, que recebe a visita de javalis e pequenos macacos, conta com uma linda vista e com um caminho privado que leva os hóspedes à entrada das Victoria Falls.

  • the-royal-livingstone

    The Royal Livingstone

    Refúgio de luxo em meio à vida selvagem da Zâmbia, o clássico hotel The Royal Livingstone tem o privilégio de ficar às margens do Rio Zambezi, a apenas dez minutos de caminhada da grande atração local: as Victoria Falls. E com a vantagem de uma entrada privativa para o parque.

  • river-lodge-island-treehouse-suites

    River Lodge – Island Treehouse Suites

    Cercado de águas calmas, evolto por natureza vibrante e acessível exclusivamente de barco, este lodge oferece a maior e mais nova experiência rústica de luxo e privacidade do Zambezi Collection’s.

     

    ✚ Saiba Mais
  • river-lodge-luxury-tented-suites

    River Lodge – Luxury Tented Suites

    Suítes-tendas que oferecem exclusividade até no ângulo da paisagem. Luxo, conforto, relaxamento e beleza africana experimentados de dentro do Parque Nacional que abre as portas para Victoria Falls.

    ✚ Saiba Mais
  • stanley-e-livingstone-boutique-hotel

    Stanley & Livingstone Boutique Hotel

    Exclusividade é a palavra: escolha dentre as 16 suítes e relaxe - seja no jardim ou no terraço. O estilo colonial da decor faz com que se sinta em casa, e seu quintal é nada menos do que as Victoria Falls.
     

    ✚ Saiba Mais
  • royal-chundu

    Royal Chundu

    À beira do Rio Zambezi e cercados pelo verde estão os dois luxuosos lodges do Royal Chundu. Ambos pertencem ao primeiro hotel da Zâmbia com o selo Relais & Châteaux, e oferecem de traslado do aeroporto a serviços all inclusive – com direito a todas as refeições e bebidas, inclusive alcoólicas.

Somente parte terrestre

Hospedagem
2 noites com pensão completa e bebidas em Livingstone;
2 noites com pensão completa e bebidas em Parque Nacional Chobe;
3 noites com café da manhã em Cape Town.

Traslado
Traslados de chegada e saída em serviço regular oferecidos pelos lodges.
Traslados de chegada e saída em veículo privativo oferecido pelo hotel em Cape Town.

Passeio (compartilhado com outros hóspedes)
ROYAL CHUNDU
⋅ Visita guiada às cataratas
⋅ Observação de pássaros
⋅ Canoagem
⋅ Passeio de barco pelo Rio Zambeze ao entardecer
⋅ Visita cultural à uma aldeia local
⋅ Taxa de entrada ao Parque Nacional

SANCTUARY SUSSI & CHUMA
⋅ Visita guiada às cataratas
⋅ Safári 4x4 no Parque Nacional de Mosi-oa-Tunya
⋅ Safári a pé
⋅ Canoagem
⋅ Passeio de barco pelo Rio Zambeze ao entardecer
⋅ Visita cultural à uma aldeia local
⋅ Taxa de entrada ao Parque Nacional

CHOBE GAME LODGE
⋅ Safári 4x4
⋅ Safári de barco
⋅ Passeio à cavalo
⋅ Tour pelos bastidores do lodge
⋅ Taxa de entrada ao Parque Nacional

SANCTUARY CHILWERO
⋅ Safári 4x4
⋅ Safári de barco
⋅ Cruzeiro ao pôr do sol no Rio Chobe
⋅ Taxa de entrada ao Parque Nacional

Assistência na chegada ao aeroporto de Johannesburg
Recepção na saída do avião por um representante local (idioma inglês) que o auxiliará nos trâmites de imigração até a transferência para o voo de conexão.

Assistência Internacional
Plano ASSIST CARD. Consulte-nos sobre informações e coberturas incluídas.

Não inclui
⋅ Imposto de remessa ao exterior (IRRF) de 6,38%;
⋅ Passagem aérea e taxas de embarque;
⋅ Despesas com documentação;
⋅ Despesas pessoais como telefonema, lavanderia e gorjeta;
⋅ Passeios além dos citados neste programa;
⋅ Refeições e bebidas premium não citados nos itens incluídos;
⋅ Qualquer outro item não mencionado como incluído
 
Notas importantes
⋅ A Table Mountain fecha todos os anos para manutenção entre os meses de julho e agosto. Consulte-nos sobre as datas.
⋅ Os passeios estão sujeitos a condições climáticas.
⋅ Preços não válidos para período de feriados locais, Natal e Ano Novo

CRISE DE ÁGUA EM CAPE TOWN
Atualmente, Cape Town passa pela pior seca dos últimos 100 anos e suas represas estão com volume muito baixo de água disponível. A partir de fevereiro de 2018, a charmosa cidade sul-africana atingirá o nível 6B de restrições do uso de água, resultando na limitação de 50L por pessoa a cada dia. Estima-se também que em abril de 2018 os reservatórios atinjam o limite da sua capacidade, o que restringirá ainda mais o fornecimento de água, cuja prioridade de distribuição será para hospitais e outros serviços essenciais.

Os hotéis da cidade implementaram ações para reduzir o uso de água, tais como:

- Remoção das tampas das banheiras na esperança de que os hóspedes tomem banhos mais curtos;
- Instalação de redutores de pressão e temporizadores de água nos chuveiros e torneiras;
- Os hóspedes são encorajados a reutilizar suas toalhas (e não trocá-las todos os dias);
- A substituição das roupas de camas acontecerá com maior intervalo no período da hospedagem;
- As piscinas funcionarão em horários restritos (para evitar a perda de água através da evaporação e ventos fortes) ou permanecerão fechadas até que a situação volte ao normal;
- Utilização de água não potável para limpeza e irrigação, quando possível.

Recomendamos que você avalie o cenário e viaje consciente sobre a situação hídrica atual em Cape Town.
Formas de pagamento da parte terrestre

Parcelamento em cartões de crédito:
Visa, Mastercard ou Diners: 35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros no cartão
Amex: 40% entrada (depósito bancário) + 4 parcelas iguais sem juros no cartão

Importante:
- Os cartões de crédito aceitos devem ser de pessoa física e emitidos no Brasil. A primeira parcela do cartão será debitada na data da sua próxima fatura.
- Cartões de crédito emitidos fora do país: o pagamento deverá ser feito à vista, em parcela única.

Parcelamento em cheques: 
35% entrada (depósito bancário) + 6 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados) 
35% entrada (depósito bancário) + 7 parcelas iguais sem juros (cheques pré datados) *

* Forma de pagamento especial para fechamento de viagens com antecedência superior a 30 dias do embarque.

Importante:
- Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica.
- Não aceitamos cheques de contas com menos de 6 meses da abertura.

 Pagamento à vista: 4% de desconto (depósito bancário)

 *A cotação do dólar/euro será atualizada ao dia do pagamento do pacote de viagem.